Bula Fanavid 85 - Rizzi

Bula Fanavid 85

Oxicloreto de cobre
15507
Rizzi

Composição

Oxicloreto de cobre 850 g/kg
Equivalente em cobre metálico 500 g/kg

Classificação

Terrestre
Fungicida
3 - Produto Moderadamente Tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Pó molhável (WP)
Contato, Preventivo

Sacos de polietileno para 1, 5 e 25 kg.

INSTRUÇÕES DE USO

O FANAVID 85 é um fungicida de contato com ação preventiva.

MODO E EQUIPAMENTO DE APLICAÇÃO

Encher ¾ do volume do tanque de pulverização com água e adicionar FANAVID 85 mantendo o misturador mecânico ou o retorno em funcionamento e completar o volume do tanque com água. A agitação da calda deve ser contínua durante o preparo da calda e durante a operação de aplicação da calda.
Aplicação:
Por ser um fungicida protetor, a calda deve ser pulverizada de forma a atingir toda a planta e/ou frutos.
Via Terrestre:
Para a aplicação, recomenda-se utilizar pulverizadores costais ou tratorizados, segundo os critérios abaixo:
Tipo de bico: Cônico tipo D2, apropriados para a aplicação de pó molhável.
Tamanho de gotas: 110 – 120 micrômetros
Densidade de gotas: 60 – 70/cm²
Pressão de trabalho: 80 – 100 psi (533 – 666 kpa)
Ângulo: 90º
Velocidade do trator: 6 – 8 km/h

INTERVALO DE SEGURANÇA

Café: 30 dias;
Tomate: 1 dia;
Citros e Uva: 7 dias.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Não entrar na área em que o produto foi aplicado antes da secagem completa da calda (no mínimo 24 horas após a aplicação). Caso necessite entrar antes desse período, utilize os equipamentos de proteção individual (EPI) recomendados para o uso durante a aplicação.

LIMITAÇÕES DE USO

Os usos do produto estão restritos aos indicados no rótulo e bula.
Quando este produto for utilizado nas doses recomendadas, não causará danos às culturas indicadas.
A calda, após preparada, deverá ser utilizada no mesmo dia.
Após a utilização, lavar interna e externamente os pulverizadores, tanques, etc, visando evitar a corrosão nos seus componentes à base de ferro e ferro galvanizado.
Compatibilidade: o produto é incompatível com TMTD, DNOC, calda sulfocálcica e carbamatos.
Fitotoxicidade: normalmente não é fitotóxico às culturas indicadas dentro das doses e usos recomendados, porém alguns cultivares poderão acusar sensibilidade com alta umidade relativa do ar e com temperaturas baixas. Em caso de dúvidas, recomenda-se realizar testes prévios em pequena escala.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Incluir outros métodos de controle de doenças (ex.: Controle Cultural, Biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Doenças quando disponível e apropriado.

Qualquer agente de controle de doenças pode ficar menos efetivo ao longo do tempo (uso sucessivo de fungicidas de mesmo mecanismo de ação) se o patógeno alvo desenvolver algum mecanismo de resistência, levando a perda de eficiência do produto e consequente prejuízo. Implementando as seguintes estratégias de manejo de resistência a fungicidas poderíamos prolongar a vida útil dos fungicidas:
• Alternância de fungicidas com mecanismos de ação distintos para o controle do mesmo alvo, sempre que possível;
• Qualquer produto para controle de patógenos da mesma classe ou modo de ação não deve ser utilizado em gerações consecutivas do mesmo patógeno. Adotar outras práticas de redução da população de patógenos, seguindo as boas práticas agrícolas, tais como rotação de culturas, controles culturais, cultivares com gene de resistência quando disponíveis, etc.;
• Utilizar as recomendações de dose e modo de aplicação de acordo com a bula do produto; Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para o direcionamento das principais estratégias regionais sobre orientação técnica de tecnologia de aplicação e manutenção da eficácia dos fungicidas;
• Informações sobre possíveis casos de resistência em fungicidas no controle de fungos patogênicos devem ser consultados e, ou, informados à: Sociedade Brasileira de Fitopatologia (SBF: www.sbfito.com.br), Comitê de Ação à Resistência de Fungicidas (FRAC-BR: www.fracbr.org), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA: www.agricultura.gov.br).

GRUPO M01 FUNGICIDA

O produto FANAVID 85 é composto por Oxicloreto de cobre, que apresenta mecanismo de atividade de contato multi-sítio, pertencente ao grupo M01, segundo classificação internacional do FRAC (Comitê de Ação à Resistência de Fungicidas).

Corrosivo ao ferro e ferro galvanizado.