Bula Fanavid 85

acessos
Oxicloreto de cobre
15507
Rizzi

Composição

Oxicloreto de cobre 850 g/kg Inorgânico

Classificação

Fungicida
III - Medianamente tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Pó molhável (WP)
Contato, Preventivo

Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Ferrugem do cafeeiro
(Hemileia vastatrix)
250 a 600 g p.c./100 L de água 600 L de calda/ha - 15 dias. 30 dias. Entre dezembro e abril
Citros Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Podridão penducular
(Diaporthe citri)
300 a 450 g p.c./100 L de água 1100 L de calda/ha - - 7 dias. Entre a floração e a frutificação
Verrugose da laranja doce
(Elsinöe australis)
300 a 450 g p.c./100 L de água 1100 L de calda/ha - - 7 dias. Entre a floração e a frutificação
Tomate Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Requeima
(Phytophthora infestans)
200 a 300 g p.c./100 L de água 1000 L de calda/ha - 7 a 15 dias. 1 dia. As aplicações devem ser iniciadas desde as primeiras folhas
Uva Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Escoriose
(Phomopsis viticola)
300 g p.c./100 L de água 800 a 1000 L de calda/ha - 15 a 30 dias. 7 dias. Iniciar as aplicações pouco antes do florescimento, visando a proteção das primeiras brotações

Sacos de polietileno para 1, 5 e 25 kg.

INSTRUÇÕES DE USO:
O FANAVID 85 é um fungicida de contato, com ação preventiva.

CULTURAS, DOENÇAS E DOSES:
Vide a seção “Indicações de Uso/Doses”

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:
- Café: Efetuar de 3 a 5 aplicações entre dezembro e abril. Em viveiros fazer as aplicações a cada 15 dias.
- Citros: Efetuar 3 a 4 aplicações no período compreendido entre a floração e a frutificação.
- Tomate: As aplicações devem ser iniciadas desde as primeiras folhas, repetindo-as em intervalos de 7 a 15 dias. Número máximo: 9.
- Uva: Iniciar as aplicações pouco antes do florescimento, visando a proteção das primeiras brotações, com intervalos de 15 a 30 dias até 7 dias antes da colheita dos frutos.

MODO E EQUIPAMENTO DE APLICAÇÃO:
Para preparar a calda, despejar o produto sobre a água, agitando lentamente até a formação de uma calda homogênea, mantendo-a sob constante agitação.

- Aplicação: Por ser um fungicida protetor, a calda deve ser pulverizada de forma a atingir toda a planta e/ou frutos.
- Via Terrestre: Para a aplicação, recomenda-se utilizar pulverizadores costais ou tratorizados, segundo os critérios abaixo:
Tipo de bico: Cênico tipo D2, apropriados para a aplicação de pó molhável.
Tamanho de gotas: 110 -120 micrômetros
Densidade de gotas: 60 - 70/cm²
Pressão de trabalho: 80 - 100 psi (533 - 666 kpa)
Ângulo: 90°
Velocidade do trator: 6 - 8 km/h

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Café: 30 dias, Tomate: 1 dia, Citros: 7 dias, Videira: 7dias

LIMITAÇÕES DE USO:
Os usos do produto estão restritos aos indicados no rótulo e bula.
Quando este produto for utilizado nas doses recomendadas, não causará danos às culturas indicadas.
A calda, após preparada, deverá ser utilizada no mesmo dia.
Após a utilização, lavar interna e externamente os pulverizadores, tanques, etc, visando evitar a corrosão nos seus componentes à base de ferro e ferro galvanizado.
Compatibilidade: o produto é incompatível com TMTD, DNOC, calda sulfocálcica e carbamatos.
Fitotoxicidade: normalmente não é fitotóxico às culturas indicadas dentro das doses e usos recomendados, porém alguns cultivares poderão acusar sensibilidade com alta umidade relativa do ar e com temperaturas baixas. Em caso de dúvidas, recomenda-se realizar testes prévios em pequena escala.

DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DA SAÚDE HUMANA

ANTES DE USAR LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES.
PRODUTO PERIGOSO.
USE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL COMO INDICADO.

PRECAUÇÕES GERAIS:
-Produto para uso exclusivamente agrícola.
-Não coma, não beba e não fume durante o manuseio e aplicação do produto.
-Não manuseie ou aplique o produto sem os equipamentos de proteção individual (EPI) recomendados.
-Os equipamentos de proteção individual (EPI) recomendados devem ser vestidos na seguinte ordem: macacão, botas, óculos, touca árabe e luvas.
-Não utilize equipamentos de proteção individual (EPI) danificados.
-Não utilize equipamentos com vazamentos ou defeitos.
-Não desentupa bicos, orificios e válvulas com a boca.
-Não transporte o produto juntamente com alimentos, medicamentos, rações, animais e pessoas.

PRECAUÇÕES NA PREPARAÇÃO DA CALDA:
Caso ocorra contato acidental da pessoa com o produto, siga as orientações descritas em primeiros socorros e procure rapidamente um serviço médico de emergência.
Ao abrir a embalagem, faça-o de modo a evitar respingos.
Utilize equipamento de proteção individual - EPI: macacão de algodão impermeávelcom mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha; máscara com filtro mecânico classe P2 ; óculos de segurança com proteção lateral; touca árabe e luvas de nitrila.
Manuseie o produto em local aberto e ventilado.

PRECAUÇÕES DURANTE A APLICAÇÃO
Evite o máximo possível o contato com a área tratada.
Não aplique o produto na presença de ventos fortes e nas horas mais quentes do dia.
Não aplique o produto contra o vento, se utilizar distribuidor costal. Se utilizar trator aplique o produto contra o vento, de modo a evitar que o aplicador entre na névoa do produto.
Aplique o produto somente nas doses recomendadas e observe o intervalo de segurança (intervalo de tempo entre a última aplicação e a colheita).
Utilize equipamento de proteção individual- EPI: macacão de algodão impermeável com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha; máscara com filtro mecânico classe P2; óculos de segurança com proteção lateral; touca árabe e luvas de nitrila.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO
Sinalizar a área tratada com os dizeres: "PROIBIDA A ENTRADA. ÁREA TRATADA" e manter os avisos até o final do período de reentrada.
Caso necessite entrar na área tratada com o produto antes do término do intervalo de reentrada, utilize os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados para o uso durante a aplicação.
Mantenha o restante do produto adequadamente fechado em sua embalagem original em local trancado, longe do alcance de crianças e animais.
Antes de retirar os equipamentos de proteção individual (EPI), lave as luvas ainda vestidas para evitar contaminação.
Os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados devem ser retirados na seguinte ordem: touca árabe, óculos, botas, macacão, luvas e máscara.
Tome banho imediatamente após a aplicação do produto.
Não reutilizar a embalagem vazia.
No descarte de embalagens utilize equipamento de proteção individual - EPI : macacão de algodão impermeável com mangas compridas, luvas de nitrila e botas de borracha.


PRIMEIROS SOCORROS: procure logo um serviço médico de emergência levando a embalagem, rótulo, bula e/ou receituário agronômico do produto.
Ingestão: Se engolir o produto, não provoque vômito. Caso o vômito ocorra naturalmente, deite a pessoa de lado. Não dê nada para beber ou comer.
Olhos: Em caso de contato, lave com muita água corrente durante pelo menos 15 minutos. Evite que a água de lavagem entre no outro olho.
Pele: Em caso de contato, tire a roupa contaminada e lave a pele com muita água corrente e sabão neutro.
Inalação: Se o produto for inalado ("respirado"), leve a pessoa para um local aberto e ventilado.
A pessoa que ajudar deve proteger-se da contaminação usando luvas e avental impermeáveis.

PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE
PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE:

Este produto é PERIGOSO AO MEIO AMBIENTE (CLASSE III)

Este produto é ALTAMENTE PERSISTENTE no meio ambiente.
Este produto é ALTAMENTE TÓXICO para microrganismos do solo.
Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza.
Não utilize equipamentos com vazamentos.
Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes.
Aplique somente as doses recomendadas.
Não lave as embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d'água. Evite a contaminação da água.

INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES:
- Mantenha o produto em sua embalagem original, sempre fechada.
- O local deve ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas, rações ou outros materiais.
- A construção deve ser de alvenaria ou de material não combustível.
- O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável.
- Coloque placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO.
- Tranque o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente cnanças.
- Deve haver sempre embalagens adequadas disponíveis, para envolver embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados.
- Em caso de armazéns, deverão ser seguidas as instruções constantes da NBR 9843 da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.
- Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

EM CASOS DE ACIDENTES:
- Isole e sinalize a área contaminada.
- Utilize equipamento de proteção individual.
- Contate as autoridades locais competentes e a empresa RIZZI & CIA LTDA. - Telefone de emergência: (54) 3238-8200.
- Em caso de incêndio, use extintores DE ÁGUA EM FORMA DE NEBLINA, CO2 ou PÓ QUÍMICO, ficando a favor do vento para evitar intoxicação.

DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA:
- É obrigatória a devolução desta embalagem ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado, por escrito, na nota fiscal de compra, conforme instruções da bula. Não armazene ou transporte embalagens vazias junto com alimentos, bebidas, rações, medicamentos, animais ou pessoas.
- A destinação inadequada de embalagens e restos de produtos no meio ambiente ocasiona contaminação do solo, da água e do ar.

- SIGA AS INTRUÇÕES CONTINAS NA BULA REFERENTES AOS PROCEDIMENTOS DE LAVAGEM E/OU DESTINAÇÃO DE EMBALAGENS.

PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO:
Caso este produto venha a se tomar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para sua devolução e destinação final.

TRANSPORTE DE AGROTÓXICOS, COMPONENTES E AFINS:
Está sujeito às regras e aos procedimentos estabelecidos na legislação específica.

Recomenda-se, de maneira geral, o manejo integrado das doenças, envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle.

Para as culturas que durante o ciclo, exigem um elevado número de aplicações, recomenda-se:
• Realizar a rotação de fungicidas com mecanismos de ação distintos, visando prevenir o aparecimento de fungos resistentes e prolongar a vida útil dos fungicidas na agricultura; utilizar o fungicida somente na época, na dose e nos intervalos de aplicação recomendados na bula.
• Incluir outros métodos de controle de doenças (ex. resistência genética, controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Doenças (MID) quando disponíveis e apropriados.
• Consultar um Engenheiro Agrônomo para o direcionamento das recomendações locais para manejo de resistência.

Compatibilidade

Vide Aplicação/Uso