Bula Glifosato Nortox WG

acessos
Glyphosate
2502
Nortox

Composição

Equivalente ácido de N-(fosfonometil) glicina - Glifosato 720 g/kg Glicina Substituída
Glifosato 792.5 g/kg Glicina Substituída

Classificação

Herbicida
IV - Pouco tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Não seletivo, Sistêmico, Pós-emergência

Algodão S.P.D. Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz S.P.D. Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 15 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Cana-de-açúcar Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Citros Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. 30 dias Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Eucalipto Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Eucalipto (Rebrote) Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Eucalipto
(Eucalyptus spp)
0,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Recomendado na aplicação sobre a rebrota do Eucalipto para renovação de área de plantio
Milho S.P.D. Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Pinus Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Uso não alimentar Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Soja S.P.D. Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Angiquinho
(Aeschynomene denticulata)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Arroz vermelho
(Oryza sativa (Arroz vermelho))
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Beldroega
(Portulaca oleracea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim colonião
(Panicum maximum)
1,5 a 2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim massambará
(Sorghum halepense)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Carrapicho de carneiro
(Xanthium strumarium)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Grama seda
(Cynodon dactylon)
2,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Losna branca
(Parthenium hysterophorus)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
0,5 a 1,5 kg p.c./ha 150 a 200 L de água/ha - Única. Não determinado. Aplicação em área total em pré-plantio da cultura e pós-emergência das plantas daninhas

Sacos multifolhados, plásticos ou de papel aluminizado com capacidade para 100 g, 500 g, 1 Kg, 5 Kg, 10 Kg e 20 Kg. Saco de material hidrossolúvel com capacidade para 100 g, 500 g e 1 Kg.

INSTRUÇÕES DE USO:
glifosato nortox WG é um herbicida não seletivo, de ação pós-emergente apresentado como Granulado Dispersível em Água. Devido às suas propriedades sistêmicas, permite o controle total de plantas daninhas, tanto das mono como das dicotiledôneas, que são atingidas pela ação herbicida não somente na parte aérea, como nas raízes.

CULTURAS:
É indicado seu uso em aplicação na pós-emergência da cultura e das plantas daninhas para capina química das culturas de café, citrus e cana-de-açúcar. Tem indicação também no controle de plantas daninhas em aplicação de área total no pré-plantio da cultura e na pós- emergência das plantas daninhas para o plantio direto de algodão, arroz, milho e soja.

É recomendado ainda o seu uso nas capinas químicas para erradicação de vegetação em aplicações de pré-plantio e nas entrelinhas em jato dirigido das culturas de Pinus e Eucalipto. Tem recomendação também na rebrota do Eucalipto para renovação de área de plantio.

As doses variam conforme a espécie da planta daninha e seu estágio de desenvolvimento. As doses menores são indicadas para plantas no estágio inicial de desenvolvimento vegetativo, e as máximas para as plantas perenizadas.

Obs.: Os valores g/100 Litros da dosagem foram determinados em relação ao volume médio de aplicação de 200 litros de água por hectare.

Obs.: Os valores g/100 Litros da dosagem foram determinados em relação ao volume médio de aplicação de 200 litros de água por hectare.
Nota: Um quilo do produto contém 720 gramas de Glifosato

MODO DE AÇÃO DO PRODUTO EM RELAÇÃO AO ALVO BIOLÓGICO:
glifosato nortox WG é um herbicida sistêmico de ação total utilizado em pós-emergência das plantas daninhas. O produto é absorvido via foliar e penetra na cutícula por difusão. A translocação é sistêmica, com preferência pelo floema, tanto para as folhas e meristemas aéreos como para os subterrâneos. O produto atua sobre atividade enzimática responsável pela formação dos aminoácidos triptofano, tirosina e fenilanina e outros produtos químicos endógenos; inibe a fotossíntese, a síntese dos ácidos nucleicos e estimula a produção de etileno; provoca amarelecimento progressivo das folhas, murchamento e posterior necrose e morte das plantas, o que demora de 7 - 14 dias. Se aplicado em dias nublados, seu efeito é reduzido, devido à ausência de luminosidade.

MODO DE APLICAÇÃO:
O glifosato nortox WG deve ser pulverizado em jato dirigido, quando as plantas daninhas estiverem em pleno desenvolvimento vegetativo e antes que ocorra o período inicial de florescimento. É aplicado em volume variável de 150 – 200 Litros de água por hectare, de acordo com as condições de desenvolvimento das plantas daninhas.Tratando-se de plantas com grande densidade vegetativa recomenda-se o volume maior. A critério do engenheiro agrônomo ou técnico responsável pela aplicação, essas condições poderão ser alteradas.
Para preparação da calda, abasteça o pulverizador até 3/4 de sua capacidade mantendo agitador ou retorno acionado. Coloque a dose indicada do herbicida glifosato nortox WG em um recipiente com água a parte para se obter uma pré-diluição do produto e adicione ao tanque do pulverizador, após isso complete o volume restante do pulverizador com água e aplique de imediato sobre o alvo biológico.

O glifosato nortox WG é aplicado em pós-emergência das plantas daninhas através dos equipamentos costais manuais ou tracionados e acionados por tratores. Recomenda-se o uso de bicos de jato em leque, de 80 a 110 graus, ou defletor do tipo TK. A pressão de trabalho deve variar entre 20 a 60 libras por polegada quadrada obtendo-se tamanho de gotas com VMD entre 360 a 650 micron e densidade de gotas de 20- 40 cm2 sendo que as gotas menores são indicadas para plantas daninhas de maior densidade vegetativa e para locais onde não haja risco de atingir plantas econômicas por deriva.

INTERVALO DE SEGURANÇA :
Citros - 30 dias;
Café - 15 dias;
Algodão, Arroz, Cana-de-açúcar, Milho e Soja - intervalo de segurança não é determinado devido a modalidade de emprego;
Eucalipto e Pinus: UNA – Uso não alimentar.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS:
(De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS)

LIMITAÇÕES DE USO:
- Deve-se pulverizar o glifosato nortox WG em jato dirigido para não atingir as folhas das culturas econômicas. Feito isso e seguindo as recomendações de uso do produto, não ocorre sinais de fitotoxicidade nas culturas de interesse.
- Na armazenagem e aplicação da solução, utilizar somente tanque de aço inoxidável, alumínio, fibra de vidro e plástico. Não usar tanques galvanizados ou de aço sem revestimento interno.
- Não pulverizar o produto após a prática da roçada.
- Repetir a aplicação caso ocorra chuvas até 6 horas após o tratamento.
- Utilizar água limpa, isenta de argilas em suspensão.

PRECAUÇÕES GERAIS: Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto. Não utilize equipamentos com vazamento. Não desentupa bicos, orifícios e válvulas com a boca. Não distribua o produto com as mãos desprotegidas. Uso exclusivamente agrícola. Não transporte o produto juntamente com alimentos, medicamentos, bebidas, rações, animais e pessoas.

PRECAUÇOES NO MANUSEIO
- Se houver contato do produto com os olhos, lave-os imediatamente com água corrente e SIGA AS ORIENTAÇOES DESCRITAS EM PRIMEIROS SOCORROS.
- Caso o produto seja inalado ou aspirado, procure local arejado e SIGA AS
ORIENTAÇÕES DESCRITAS EM PRIMEIROS SOCORROS.
- Ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente com água corrente e sabão, e SIGA AS ORIENTAÇOES DESCRITAS EM PRIMEIROS SOCORROS.
Ao abrir a embalagem, faça-o de modo a evitar a formação de poeira.
Utilize equipamento de proteção individual — EPI: luvas e botas de borracha, macacão de algodão impermeável com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calcas por cima das botas, Óculos, mascara com filtro para vapores orgânicos cobrindo nariz e boca.


PRECAUÇÕES DURANTE APLICAÇÃO: Evite o máximo possível, o contato com área de aplicação. O produto produz neblina, use máscara cobrindo o nariz e a boca. Não aplique o produto contra o vento. Use macacão com mangas compridas, chapéu de abas largas, luvas, botas, óculos e avental impermeável.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO: Não reutilize a embalagem vazia. Mantenha o restante do produto em sua embalagem original adequadamente fechada em local trancado, longe do alcance de crianças e animais. Tome banho, troque e lave as suas roupas contaminadas separadas das demais roupas do restante da família ou de uso diário.

PRIMEIROS SOCORROS: INGESTÃO: No caso de ingestão não provoque vômito, procure logo o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. OLHOS: No caso de contato com os olhos, lave-os com água em abundância e procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. PELE: No caso de contato com a pele, lave-a com água e sabão em abundância e procure o médico levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. INALAÇÃO: No caso de inalação do produto procure lugar arejado e vá ao médico, levando a embalagem rótulo, bula ou receituário agronômico do produto.

ANTíDOTO: Não existe antídoto para Glifosato

INTOXICAÇÕES POR GLIFOSATO
Informações Médicas

Grupo Química: Glicina substituída

Classe Toxicológica: Classe III

Vias de exposição: Oral, inalatória, ocular e dérmica.

Mecanismos de toxicidade: Primariamente inflamatório, causando irritação de pele, mucosas e olhos.

Sintomas e Sinais clínicos: As manifestações clinicas decorrentes da exposição são diretamente proporcionais à concentração e a quantidade do produto, assim como ao tempo de exposição do organismo ao glifosato.
Em caso de INGESTÃO podem ocorrer lesões ulcerativas, epigastralgia, vômitos, cólicas, diarréia, e ocasionalmente, íleo paralítico e insuficiência hepática aguda; alterações na pressão sanguínea, palpitações, choque hipovolêmico; pneumonite, edema pulmonar não cardiogênico; insuficiência renal por necrose tubular aguda; cefaleia, fadiga, agitação, sonolência, vertigem, alterações do controle motor, convulsões e coma; acidose metabólica.
Em casos de exposição CUTÂNEA podem ocorrer dermatite de contato
(eritema, queimação, prurido e vesículas), eczema e fotossensibilização
(eritema, queimacao, prurido e vesiculas de aparecimento tardio, entre 5 a 10 dias). Todos esses quadros podem ser agravados por uma infecção bacteriana secundária.
Em casos de exposição OCULAR pode resultar em irritação, dor e queimação ocular, turvação da visão, conjuntivite e edema palpebral.
Em casos de exposição RESPIRATÓRIA pode ocorrer aumento da frequência respiratória, broncoespasmo e congestão vascular pulmonar.
E necessário observar a toxicidade inerente aos adjuvantes (produtos utilizados em mistura com produtos formulados para melhorar a sua aplicação) presentes na formulação, potencializando os efeitos adversos do glifosato.
Adjuvantes: - Sulfato de Amônio – pode causar irritação ocular, náuseas, diarréia, alergia respiratória. Exposição prolongada pode resultar em dano ocular definitivo.
Adjuvantes relevantemente tóxicos, com quadro que se sobrepõe ao do glifosato. Não tendo tratamento especifico, devem, portanto, assim como no caso de intoxicações por glifosato, receber tratamento sintomático.

Metabolismo e Toxicocinética: Após a exposição oral única, aproximadamente 35% do volume ingerido é absorvido. Em exposição cutânea, são absorvidos 5,5% após 24 horas, Do glifosato absorvido, 14 - 29% é excretado pela urina, e 0,2% excretado pelo ar expirado. 99% da quantidade absorvida é eliminada em até 7 dias. Somente 0,3% do glifosato absorvido é bio-transformado e seu único metabólito é o ácido aminometilfosfônico.

Diagnóstico: O diagnóstico é estabelecido pela confirmação da exposição pela ocorrência de quadro clínico compatível, e, nos casos de ingestão, confirmado pela presença da substância no material gástrico.

Tratamento: O tratamento das intoxicações por Glifosato é basicamente sintomático e deve ser implementado paralelamente as medidas de descontaminação, que visam limitar a absorção e os efeitos locais. Não existe antídoto e, por não se tratar de produto organofosforado ou carbamato, não deve ser empregado atropina.
ADVERTÊNCIA: a pessoa que executa as medidas de descontaminação deve estar protegida por avental impermeável, luvas de nitrila e botas de borracha, para evitar a contaminação pelo agente tóxico.
Descontaminação: remover roupas e acessórios, e proceder descontaminação cuidadosa pele (incluindo pregas, cavidades, orifícios) e cabelos, com água fria abundante e sabão. Se houver exposição ocular, irrigar abundantemente com soro fisiológico ou água, por no mínimo 15 minutos, evitando contaminar o outro olho.
Em caso de ingestão, considerar o volume e a concentração da solução ingerida, e o tempo transcorrido até o atendimento. Ingestão recente (menos de 2 horas): proceder a lavagem gástrica e administrar carvão ativado na proporção de 50-100 g em adultos, de 25-50 g em crianças de 1-12 anos e 1 g/kg em menores de 1 ano. O carvão ativado deve ser diluído em água, na proporção de 30 g para 240 mL de água. Atentar para o nível de consciência e proteger as vias aéreas do risco de aspiração (intubação).
Emergência, suporte e tratamento sintomático: manter vias aéreas desobstruídas, aspirar secreções e oxigenar (02 a 100%). Observar atentamente ocorrência de insuficiência respiratória. Caso ocorra edema pulmonar, manter ventilação e oxigenação adequada com controle gasométrico. Caso os níveis de pressão parcial de oxigênio (p02) não possam ser mantidos, introduzir ventilação mecânica com pressão positiva no final da aspiração (PEEP).
Monitorar alterações na pressão e arritmias cardíacas (ECG) que deverão receber tratamento especifico. Manter acesso venoso de bom calibre para a infusão de fluidos em caso de hipotensão. Se necessário, associar vasopressores.
Insuficiência renal, tratar com furosemida. A acidose metabólica deve ser corrigida com solução de bicarbonato de sódio, e, nos casos refratários, com hemodiálise.
Lesões na mucosa oral podem ser tratadas com gel anestésico (tópico). Nas ulcerações gastroduenais usar bloqueadores H2 (cimetidina, ranitidina, famotidina) ou bloqueadores de bomba de próton (omeprazol, lansoprazol, pantoprazol).
Acompanhar enzimas hepáticas, amilasemia, gasometria, eletrólitos, elementos anormais e sedimentoscopia de urina. Avaliar conveniência de realizar radiografia de tórax e endoscopia digestiva alta. Manter em observação por no mínimo 24 horas após o desaparecimento dos sintomas.
Alertar o paciente para retornar em caso de sintomas de
fotossensibilização e proceder ao tratamento sintomático.

Contra-indicações: O vômito é contra-indicado em caso de risco de aspiração.
A diluição do conteúdo gastrintestinal é contra-indicada em razão do aumento da superfície de contato.
A utilização de morfina é contra-indicada porque pode comprometer a pressão arterial e causar depressão cardiorrespiratória.

Efeitos sinérgicos: Com os adjuvantes presentes nas formulações, que são irritantes para a pele e podem aumentar a absorção do produto.

ATENÇÃO: Ligue para o Disque-intoxicação: 0800-722-6001 para notificar o caso e
obter informações especializadas sobre o diagnóstico e tratamento. Rede Nacional de Centros de Informação e Assistência Toxicológica — RENACIAT — ANVISA/MS


MECANISMO DE AÇÃO, ABSORÇÃO E EXCREÇÃO: O ingrediente ativo que compõem este agrotóxico, apresenta alta solubilidade em água e uma baixa solubilidade em gorduras. Estudos com animais de laboratórios dão conta que o Glifosato não atua em órgão ou sistema fisiológico específico.

O Glifosato demonstrou ser pouco absorvido pelo trato gastrointestinal em estudos com animais de laboratório.

Estudo de metabolismo com ratos verificou-se que, as fezes foi maior rota de eliminação dos grupos em que a administração do Glifosato radiomarcado se deu por via oral. A urina foi, como esperada, a maior rota de eliminação quando o produto foi administrado via intravenosa. Os resultados mostram que 30 a 60% do produto administrado oralmente é absorvido e eliminado sem alteração nas fezes e urina no percentual mínimo de 97,5%.

EFEITOS AGUDO E CRONICO: EFEITOS AGUDOS: Em estudos de toxicidade oral e dérmica com animais de laboratório, não foram observadas mortes, sintomatologia clínica, alterações comportamentais e lesões anatomopatológicas. A DL50 oral e dérmica para ratos encontrada foi superior a 2000 mg/kg de peso vivo. Em estudo de irritabilidade da pele com coelho, o Glifosato Nortox WG produziu eritema e edema muito fraco, pouco perceptível, com 24 horas de exposição. Com relação a irritabilidade ocular o produto apresentou na conjutiva congestão leve e um ligeiro aumento de lacrimejamento, com 72 horas de exposição. Quanto a toxicidade inalatória em ratos, não foram observadas mortes, alterações comportamentais e nem sinais clínicos. A CL50 obtida foi maior que 20 mg/L após um período de 4 horas de exposição.

EFEITOS CRÔNICOS: Em estudo de médio prazo com ratos, não foi observada mortalidade entre os animais que receberam o Glifosato em grau técnico por via oral durante 90 dias nas doses de 30, 100 e 300 mg/kg/dia. As doses testadas não provocaram alterações significativas no estado geral de saúde, sobrevivência, ganho de peso, consumo de ração, hematologia e bioquímica clínica. A maior dose testada, 300 mg/kg/dia, foi considerada como a dose de não efeito observado (NOEL). Já em estudo de longo prazo com ratos, o NOEL para efeitos sistêmicos foi de 8000 ppm.

PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE: Este produto é: Perigoso Ao Meio Ambiente (Classe III). Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza. Não utilize equipamento com vazamento. Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes. Aplique somente as doses recomendadas. Não lave as embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d'água. Evite a contaminação da água. A destinação inadequada de embalagens ou restos de produtos ocasiona contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.

INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES: Mantenha o produto em sua embalagem original, sempre fechada. O local deve ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas, rações ou outros materiais. A construção deve ser de alvenaria ou de material não comburente. O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável. Coloque placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO. Tranque o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças. Deve haver sempre embalagens adequadas disponíveis, para envolver embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados. Em caso de armazéns, deverão ser seguidas as instruções constantes da NBR 9843 da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTES: Isole e sinalize a área contaminada. Contate as autoridades locais competentes e a Empresa NORTOX S.A. -TELEFONE DE EMERGÊNCIA: (OxxDDD) NÚMERO DO TELEFONE. Utilize equipamento de proteção individual -EPI (macacão de PVC, luvas e botas de borracha, óculos protetores e máscara contra eventuais vapores). Em caso de derrame, estanque o escoamento, não permitindo que o produto entre em bueiros, drenos ou corpos d'água. Siga as instruções abaixo:

Piso pavimentado: absorva o produto com serragem ou areia, recolha o material com auxílio de uma pá e coloque em recipiente lacrado e identificado devidamente. O produto derramado não deverá mais ser utilizado. Neste caso, contate a empresa registrante, para que a mesma faça o recolhimento. Lave o local com grande quantidade de água;

Solo: retire as camadas de terra contaminada até atingir o solo não contaminado, recolha esse material e coloque em um recipiente lacrado e devidamente identificado. Contate a empresa registrante conforme indicado acima.

Corpos d'água: interrompa imediatamente a captação para o consumo humano ou animal, contate o órgão ambiental mais próximo e o centro de emergência da empresa, visto que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do corpo hídrico em questão e da quantidade do produto envolvido.

Em caso de incêndio, use extintores (INFORMAR O TIPO DE EXTINTOR RECOMENDADO PARA CONTROLE DE INCÊNDIO ENVOLVENDO O PRODUTO. EX.: DE ÁGUA EM FORMA DE NEBLINA, DE CO2 , PÓ QUíMICO, ETC.), ficando a favor do vento para evitar intoxicação.

PROCEDIMENTOS DE LAVAGEM, ARMAZENAMENTO, DEVOLUÇÃO, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE EMBALAGENS VAZIAS E RESTOS DE PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO:

ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA

ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA: O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde guardadas as embalagens cheias.

Use luvas no manuseio dessa embalagem.

Essa embalagem vazia deve ser armazenada separadamente das lavadas, em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas -modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.

DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA: No prazo de até um ano da data da compra, é obrigatória a devolução da embalagem vazia, pelo usuário, ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida no ato da compra.

Caso o produto não tenha sido totalmente utilizado nesse prazo, e ainda esteja dentro de seu prazo de validade, será facultada a devolução da embalagem em até 6 meses após o término do prazo de validade.

O usuário deve guardar o comprovante de devolução para efeito de fiscalização, pelo prazo mínimo de um ano após a devolução da embalagem vazia.

TRANSPORTE: As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas. Devem ser transportadas em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas -modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.

DESTINAÇÃO FINAL DAS EMBALAGENS VAZIAS: A destinação final das embalagens vazias, após a devolução pelos usuários, somente poderá ser realizada pela Empresa Registrante ou por empresas legalmente autorizadas pelos órgãos competentes.

É PROIBIDO AO USUÁRIO A REUTILIZAÇÃO E A RECICLAGEM DESTA EMBALAGEM VAZIA OU O FRACIONAMENTO E REEMBALAGEM DESTE PRODUTO.

EFEITOS SOBRE O MEIO AMBIENTE DECORRENTES DA DESTINAÇÃO INADEQUADA DA EMBALAGEM VAZIA E RESTOS DE PRODUTOS: A destinação inadequada das embalagens vazias e restos de produtos no meio ambiente causa contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.

PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO: Caso este produto venha a se tornar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para sua devolução e destinação final.

A desativação do produto é feita através de incineração em fornos destinados para este tipo de operação, equipados com câmaras de lavagem de gases efluentes e aprovados por órgão ambiental competente.

TRANSPORTE DE AGROTÓXICOS, COMPONENTES E AFINS: O transporte está sujeito às regras e aos procedimentos estabelecidos na legislação específica, que inclui o acompanhamento da ficha de emergência do produto, bem como determina que os agrotóxicos não podem ser transportados junto de pessoas, animais, rações, medicamentos ou outros materiais.

Recomenda-se, de maneira geral, o manejo integrado de pragas (MIP), envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle, como o controle cultural, controle biológico (predadores e parasitoides), controle microbiano, controle por comportamento, variedades resistentes e controle químico, sempre alternando produtos de diferentes grupos químicos, com mecanismos de ação distintos.
Recomenda-se, de modo geral, o manejo integrado de doenças, envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle. O uso de sementes sadias, variedades resistentes, rotação de culturas, época adequada de semeadura, adubação equilibrada, controle biológico, manejo da irrigação e outros, visam o melhor equilíbrio do sistema.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o
aumento de população de plantas infestantes a ele resistentes.
Como prática de manejo e resistência de plantas infestantes deverão ser aplicadas herbicidas, com diferentes mecanismos de ação, devidamente registradas para a cultura. Não havendo produtos alternativos recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos consulte um Engenheiro Agrônomo.