Bula Óleo Vegetal Nortox - Nortox

Bula Óleo Vegetal Nortox

Óleo vegetal
7697
Nortox

Composição

Óleo vegetal 930 g/L

Classificação

Terrestre
Inseticida
5 - Produto Improvável de Causar Dano Agudo
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Inflamável
Não corrosivo
Concentrado Emulsionável (EC)
Contato

Citros

Selenaspidus articulatus (Cochonilha pardinha)

Garrafa plástica de 1 litro; Butijão de plástico de 5 e 10 litros; Bombona plástica para 20 e 200 litros.
Garrafa plástica: 1 L
Bombona plástica: 5, 10, 20, 100; 110; 125; 200; 500 e 1000 Litros.
Frasco plástico: 250, 500 e 1000 ml
Tambor plástico: 50, 100, 110, 125, 200 L
Tambor metálico: 50, 100, 110, 125, 200 L
Tambor retornável plástico: 50, 100, 110, 125, 200 L
Isotanque retornáveç IBC plástico: 500 e 1000 L
Tanque estacionário polietileno: 5000, 10000, 15000, 20000, 25000, 30000, 35000, 40000, 45000, 50000, 55000, 60000 L.
Tanque estacionário polipropileno: 5000, 10000, 15000, 20000, 25000, 30000, 35000, 40000, 45000, 50000, 55000, 60000 L.
Tanque estacionário poliéster reforçado com fibra de vidro: 5000, 10000, 15000, 20000, 25000, 30000, 35000, 40000, 45000, 50000, 55000, 60000 L.
Tanque estacionário aço inox: 5000, 10000, 15000, 20000, 25000, 30000, 35000, 40000, 45000, 50000, 55000, 60000 L.

INSTRUÇÕES DE USO:
CULTURA E OUTROS USOS: ÓLEO VEGETAL NORTOX é indicado como inseticida para controle da Cochonilha-Pardinha na cultura de citros.
PRAGAS E OUTRAS FINALIDADES:
ÓLEO VEGETAL NORTOX como inseticida tem indicação para o controle da Cochonilha denominada Pardinha (Selenaspidus articulatus) na cultura de Citros.
MODO DE APLICAÇÃO:
Equipamentos de Aplicação Terrestre: pulverizadores costais ou tratorizados.
ÓLEO VEGETAL NORTOX é um produto emulsionável para ser aplicado na forma de pulverização terrestre, objetivando uma cobertura uniforme de todas as partes da planta. Há necessidade de se manter em funcionamento o sistema de agitação dentro do tanque pulverizador durante a pulverização. O produto deve ser aplicado nas horas mais amenas do dia, com vento não superior a 10 Km/h e temperatura inferior a 30ºC. ÓLEO VEGETAL NORTOX é aplicado através de equipamentos costais manuais ou tracionados e acionados por tratores, com uma pressão de trabalho 200 – 300 lb/pol² com uma densidade de 30 gotas/cm². São indicados bicos de jato em cone da série D ou X.
INTERVALO DE SEGURANÇA:
Intervalo de segurança não definido devido a modalidade de emprego.
INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NA CULTURA E ÁREA TRATADA:
Não entre na área tratada em que o produto foi aplicado antes da completa secagem da calda (no mínimo 24 horas após a aplicação). Caso necessite entrar antes desse período, utilize os EPI’s recomendados para o uso durante a aplicação.
LIMITACÕES DE USO:
- Manter sob agitação constante a calda de pulverização.
- Não aplicar o produto na época da florada.
- A aplicação deve ser sempre nas horas mais frescas do dia, e preferencialmente em dias nublados.
INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL A SEREM UTILIZADOS:
Durante a manipulação, preparação da calda ou aplicação, use macacão com mangas compridas, chapéu impermeável de aba larga, botas e luvas.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

É recomendável utilizar outros métodos de controle de insetos (ex. Controle Cultural, Biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponível e apropriado.

Qualquer agente de controle de inseto pode ficar menos efetivo ao longo do tempo se o inseto alvo desenvolver algum mecanismo de resistência. Implementando as seguintes estratégias de Manejo de Resistência a Inseticidas (MRI) poderíamos prolongar a vida útil dos inseticidas:
- Qualquer produto para controle de inseto da mesma classe ou modo de ação não deve ser utilizado em gerações consecutivas da mesma praga.
- Utilizar somente as doses recomendadas na bula.
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento sobre as recomendações locais para o MRI.
- Incluir outros métodos de controle de insetos (ex. Controle Cultural, Biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponível e apropriado.