Bula Opala

acessos
Metarhizium anisopliae
12216
Laboratório Farroupilha

Composição

Metarhizium anisopliae cepa IBCB 425 1.25 g/kg Inseticida biológico

Classificação

Inseticida microbiológico
IV - Pouco tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado (GR)
Contato, Inseticida microbiológico
Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Cigarrinha das pastagens
(Zulia entreriana)
0,75 kg p.c./ha - - Realizar apenas duas aplicações. Não determinado devido à característica microbiológica do ingrediente ativo. Aplicar após a detecção da presença da praga
Cigarrinha das raízes
(Mahanarva fimbriolata)
0,75 kg p.c./ha - - Realizar apenas duas aplicações. Não determinado devido à característica microbiológica do ingrediente ativo. Aplicar após a detecção da presença da praga

Conteúdo: 0,250 Kg; 0,500 Kg; 1 Kg e 5 Kg.

Instruções de uso: OPALA, inseticida microbiológico, á base do fungo antomopatogênico Metarhizium anisopliae isolado IBCB 425, atua em todas as fases de desenvolvimento do inseto.O fungo germina na superfície do inseto alvo penetrando no tegumento e colonizando internamente o hospedeiro. No processo de colonização o patógeno libera toxinas, muda os hábitos de praga e causa sua morte. Todo o processo ocorre de 6 a10 dias. Primeiro ocorre morte fisiológica do inseto, onde cessa alimentação, locomoção e reprodução. o produto deve ser aplicado na forma líquida, por meio de pulverizadores de barra (tratorizado) ou costal (manual ou motorizado), com o jato de pulverização dirigido para a base das touceiras das plantas, onde se concentra a população de ninfas (espuma).Dar preferencia aos bicos do tipo cone, que definam um tamanho de gota entre 100 - 300, com uma pressão de trabalho entre 80-100 psi.

Modo de Aplicação: A aplicação devera ser feita de forma cobrir a área de maneira uniforme, evitando o escorrimento excessivo da calda, após a aplicação. A diluição do produto devera se feita em agua, usando um volume final de calda. Limpar bem o tanque/bicos de pulverização para eliminar resíduos de inseticidas, herbicidas ou fungicidas químicos, que possam danificar o ingrediente ativo biológico. Aplicar sob as seguintes condições:
-Temperatura ambiente: máximo 30°c
-Umidade relativa do a:minímo 60%
-velocidade do vento: máximo 7 km/h

A calda deve permanecer em agitação para homogeneidade do ingrediente ativo. A escolha dos equipamentos a serem utilizados para aplicação deste produto poderá sofrer alterações a critério do engenheiro agrônomo, tomando-se o cuidado de evitar sempre a deriva e perdas do produto por evaporação.

INTERVALO DE SEGURANÇA :
Não determinado devido á característica microbiológica do ingrediente ativo.
INTERVALO E REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS:
Intervalo de reentrada 4 horas, ou ate a secagem da calda.

Limitações de uso: Recomenda-se aplicar nas horas mais frescas do dia, preferencialmente no final da tarde ou ainda no inicio da noite, escolhendo os locais com alta população do inseto. Não aplicar sob vento forte. Nessas condições a exposição dos conídios (esporos) do fungo á radiação UV do sol é menor. O produto não é fitotóxico quando aplicado nas doses recomendadas. Para beneficiar a atuação do produto, protegendo o inoculo dos fatores climáticos e melhorando as condições microclimáticas, são recomendas as seguintes práticas culturais:
- usar a calda no mesmo dia do seu preparo. Não irrigar a cultura logo após a aplicação do produto;
-Após a aplicação, evitar a limpeza mecânica ou química do pique, pois essas práticas podem diminui a quantidade de inoculo;
- Conservar o produto em geladeira ou lugar fresco a arejado. Nunca deixar o produto exposto ao sol;
- Lavar bem o pulverizador antes de usá-lo, ou usar um novo, sem resíduos de agroquímicos:
- Não aplicar em período de chuvas intensas;
- Evitar aplicação em condição de temperatura acima de 27°C ou na presença de ventos fortes (velocidade acima de 10 km/hora), bem como uma umidade relativa do ar abaixo de 70%.

PRECAUCOES GERAIS:
Produto para uso exclusivamente agrícola
Não coma, não beba e não fume durante o manuseio e aplicação do produto.
Não manuseie ou aplique o produto sem os equipamentos de proteção individual (EPI) recomendados. Não utilize equipamentos de proteção individual (EPI) danificados.
Não utilize equipamento com vazamentos ou defeitos.
Não desentupa bicos, orifícios e válvulas com a boca.
Não distribua o produto com as mãos desprotegidas.
Não transporte o produto juntamente com alimentos, medicamentos, rações, animais e pessoas.
PRECAUCOES NO MANUSEIO DO PRODUTO:
Se houver contato do produto com os olhos„lave-os imediatamente com água corrente e SIGA AS ORIENTACOES DESCRITAS EM PRIMEIROS SOCORROS.
Caso o produto seja inalado ou aspirado, procure local arejado e SIGA AS ORIENTACOES DESCRITAS EM PRIMEIROS SOCORROS:
Ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente com água corrente e sabão, e SIGA AS ORIENTACOES DESCRITAS EM PRIMEIROS SOCORROS.
Ao abrir a embalagem, faça-o de modo a evitar respingos.
Utilize o equipamento de proteção individual – EPI: macacão com tratamento hidrorrepelente com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha; mascara com filtro mecânico classe P2 ou P3; Óculos de segurança com proteção lateral e luvas de nitrila.
PRECAUCOES NA PREPARACAO DA CALDA:
Caso ocorra contato acidental da pessoa corn o produto, siga as orientações descritas em primeiros socorros e procure rapidamente um serviço medico de emergência.
Ao abrir a embalagem, faça-o de modo a evitar respingos / dispersão de poeira. Conforme o tipo de formulação.
Utilize equipamento de proteção individual – EPI: macacão com tratamento hidrorrepelente com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha; mascara com filtro mecânico classe P2 ou P3; Óculos de segurança com proteção lateral e luvas de nitrila. Manuseie o produto em local aberto e ventilado.
PRECAUCOES DURANTE A APLICACAO
Evite o Maximo possível o contato com a área tratada.
Não aplique o produto na presença de ventos fortes e nas horas mais quentes do dia.
Aplique o produto somente nas doses recomendadas.
Verifique a direção e aplique de modo a evitar que o aplicador entre na nevoa do produto.
Utilize equipamento de proteção individual — EPI: macacão com tratamento hidrorepelente com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha; mascara com filtro mecânico classe P2 e P3; Óculos de segurança com proteção lateral e luvas de nitrila.
PRECAUCOES APOS A APLICACAO
Mantenha o restante do produto adequadamente fechado em sua embalagem original em local trancado longe do alcance de crianças e animais. Antes de retirar os equipamentos de proteção individual (EPI), lave as luvas ainda vestidas para evitar contaminação.
Os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados devem ser retirados na seguinte ordem: Óculos, botas, macacão, luvas e mascara. Tome banho imediatamente após a aplicação do produto.
Troque e lave as suas roupas de proteção separado das demais roupas da família.
Ao lavar as roupas utilizar luvas e avental impermeável.
Faça a manutenção e lavagem dos equipamentos de protegido após cada aplicação do produto.
Fique atento ao tempo de uso dos filtros, seguindo corretamente as especificações do fabricante.
Não reutilizar a embalagem vazia.
Não descarte de embalagens utilize equipamento e proteção individual — EPI: macacão com tratamento hidrorrepelente com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha e luvas de nitrila.
PRIMEIROS SOCORROS: procure logo um serviço medico de emergência levando a embalagem, rótulo, bula e/ou receituário agronômico do produto.
Ingestão: Em caso de ingestão não provoque vômito e procure um medico levando a embalagem, rótulo ou receituário agronômico do produto.
Olhos: Em caso de contato com os olhos, lave-os com água durante pelo rnenos 15 minutos. Evite que a água de lavagem entre no outro olho, e procure um medico levando a embalagem, rótulo ou receituário agronômico do produto.
Pele: Em caso de contato com a pele lave-a com água e sabão neutro e procure um medico levando a embalagem, re:dui° ou receituário agronômico do produto.
Inalação: Em caso de inalação procure local arejado e procure um medico levando a embalagem, rótulo ou receituário agronômico do produto. A pessoa que ajudar deve proteger-se da contaminação usando luvas e avental impermeáveis por exemplo.

PRECAUCOES DE USO E ADVERTENCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTECAO AO MEIO AMBIENTE:
- Este produto :

( X ) Pouco Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE IV)

- Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza.
- Não utilize equipamento com vazamento.
- Aplique somente as doses recomendadas.
- Não lave as embalagens ou equipamento aplicador ern Lagos, fontes, rios e demais corpos d'água. Evite a contaminado da água.
- A destinado inadequada de embalagens ou restos de produtos ocasiona contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.

INSTRUCOES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVACAO E PREVENCAO CONTRA ACIDENTES:
- Mantenha o produto em sua embalagem original, sempre fechada.
- A construção deve ser de alvenaria ou de material n'ao combustível.
- O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável.
- Tranque o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças. - Deve haver sempre recipientes disponíveis, para envolver embalagens rompidas.
- Em caso de armazéns, dever do ser seguidas as instruções da NBR 9843 da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.
- Observe a legislação estadual e municipal.

INSTRUCOES EM CASO DE ACIDENTES AMBIENTAIS:
- Isole e sinalize a área contaminada.
- Utilize Equipamentos de Proteção Individual — EPI (macacão impermeável, luvas e botas de borracha, de óculos protetores e mascara com filtro).
- Contate as autoridades locais competentes e a empresa Laboratório de Biocontrole Farroupilha Ltda. Telefone de Emergencia: (34) 3822-9907.
- Em caso de incêndio, use extintores de água em forma de neblina, ou de CO2, ficando a favor do vento para evitar intoxicação.

PROCEDIMENTOS DE LAVAGEM, ARMAZENAMENTO, DEVOLUCAO, TRANSPORTE E DESTINACAO DE EMBALAGENS VAZIAS E RESTOS DE PRODUTOS IMPROPRIOS PARA UTILIZACAO OU EM DESUSO:
EMBALAGEM FLEXiVEL:
- ESTA EMBALAGEM NAO PODE SER LAVADA
- ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA
O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde são guardadas as embalagens cheias.
Use luvas no manuseio dessa embalagem.
Essa embalagem vazia deve ser armazenada separadamente das lavadas, em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas — modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.
- DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA
No prazo de até um ano da data da compra, é obrigatória a devolução da embalagem vazia, pelo usuário, ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida no ato da compra.
Caso o produto não tenha sido totalmente utilizado nesse prazo, e ainda esteja dentro de seu prazo de validade, será facultada a devolução da embalagem em até 6 meses após o término do prazo de validade.
O usuário deve guardar o comprovante de devolução para efeito de fiscalização, pelo prazo mínimo de um ano após a devolução da embalagem vazia.

TRANSPORTE
As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas. Devem ser transportadas em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas — modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.
EMBALAGEM SECUNDÁRIA (NÃO CONTAMINADA):
- ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA
- ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA
O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde são guardadas as embalagens cheias.
- DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA
É obrigatória a devolução da embalagem vazia, pelo usuário, onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida pelo estabelecimento comercial.
-TRANSPORTE
As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas.
- DESTINAÇÃO FINAL DAS EMBALAGENS VAZIAS
A destinação final das embalagens vazias, após a devolução pelos usuários, somente poderá ser realizada pela Empresa Registrante ou por empresas legalmente autorizadas pelos órgãos competentes.
APROVADO
- E PROIBIDO AO USUARIO A REUTILIZACAO E A RECICLA,,qEM DESTA EMBALAGEM VAZIA OU 0 FRACIONAMENTO E REEMBALAGEM DESTE PRODUTO.
- EFEITOS SOBRE 0 MEIO AMBIENTE DECORRENTES DA DESTINACAO INADEQUADA DA EMBALAGEM VAZIA E RESTOS DE PRODUTOS
A destinação inadequada das embalagens vazias e restos de produtos no meio ambiente causam contaminação do solo, da água e do ar prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.
- PRODUTOS IMPROPRIOS PARA UTILIZACAO OU EM DESUSO
Caso este produto venha a se tornar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o registraste através do telefone indicado no rotulo para sua devolução e destinação final.
- TRANSPORTE DE AGROTOXICOS, COMPONENTES E AFINS:
O transporte esta sujeito as regras e aos procedimentos estabelecidos na legislação especifica, que inclui o acompanhamento da ficha de emergência do produto, bem como determina que os agrot6xicos não podem ser transportados junto de pessoas, animais, rações, medicamentos ou outros materiais.

Incluir outros métodos de controle de pragas (ex. controle cultural, biológico ,etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP), quando disponíveis e apropriados.

Qualquer agente de controle de pragas pode ficar menos efetivo ao longo do tempo devido ao desenvolvimento de resistência.
O Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a inseticidas (IRAC-BR) recomenda as seguintes estratégias de manejo de resistência visando prolongar a vida útil dos inseticidas a acaricidas:
- Qualquer produto para controle de pragas da mesma classe ou de mesmo modo de ação, não deve ser utilizado em gerações consecutivas da mesma praga;
- Utilizar somente as doses recomendadas no rótulo/bula;
- Sempre consultar me Engenheiro Agrônomo para orientação sobra as recomendações locais para o manejo de resistência.