Bula Zethamaxx - Nufarm

Bula Zethamaxx

Imazetapir; Flumioxazina
10416
Nufarm

Composição

Imazetapir 212 g/L
Equivalente ácido de Imazetapir 200 g/L
Flumioxazina 100 g/L

Classificação

Herbicida
5 - Produto Improvável de Causar Dano Agudo
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Suspensão Concentrada (SC)
Seletivo, Sistêmico, Não sistêmico

Bag in box: Fibra de papel com bolsa plástica interna - 1,0;5,0; 10; 15; 18; 20; 25; 50; 100; 200; 400; 500; 1000 L;
Balde: Metálico - 5,0; 8,0; 10; 15; 18; 20; 25; 50 L
Bombona: COEX/PEAD/PET/ Metálica - 2,5; 4,0; 5,0; 8,0; 10; 15; 18; 20; 25; 50 L
Caminhão quente: Aço inox/ Metálico - 1.000; 2.000; 5.000; 10.000; 15.000; 20.000; 23.000; 25.000 L
Contentor intermediário (IBC): COEX/PEAD/PET/Plástico com estrutura metálica - 300; 400; 500; 600; 700; 800; 900; 1000; 1500; 2000 L
Frasco: COEX/PEAD/PET -0,1; 0,2; 0,25; 0,3; 0,4; 0,5; 1,0 L
Frasco: Metálico - 0,1; 0,15; 0,2; 0,25; 0,3; 0,4; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 3,0 L
Isotanque: Aço inox/ Metálico - 1000; 2000; 5000; 10000; 15000; 20000; 23000; 25000 L
Tambor: Metálico/Plástico - 50; 100; 200; 250; 450; 500; 1.000 L
Tanque: Aço-inox/Metálico - 1.000; 2.000; 5.000; 10.000; 15.000; 20.000; 23.000; 25.000 L

INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO:

ZETHAMAXX é um herbicida seletivo de ação sistêmica e não sistêmica, resultante da combinação
de dois ingredientes ativos – IMAZETAPIR e FLUMIOXAZINA - apresentado na forma de suspensão
concentrada para aplicação em pré-emergência e pós-emergência das plantas daninhas, antes do
plantio da cultura: dessecação das plantas daninhas em manejo para plantio direto.
ZETHAMAXX deve ser utilizado em pré-plantio de soja para o controle de ervas daninhas.

MODO DE AÇÂO:

ZETHAMAXX é absorvido pelas raízes e folhas, podendo também ser absorvido por sementes em
germinação, tem rápida translocação no xilema e floema. Sendo uma combinação de dois
ingredientes ativos, atua inibindo a síntese de aminoácidos ramificados (ALS ou AHAS), o que reduz
os níveis de valina, leucina e isoleucina, levando à interrupção da síntese de proteínas e DNA,
também atua por inibição da protoporfirinogênio oxidase (PROTOX), induzindo o acúmulo maciço
das porfirinas e aumentando a peroxidação dos lipídios da membrana, o que leva à perda irreversível
da sua função e estrutura.
A seletividade difere dependendo da cultura, conforme as condições de aplicação, principalmente a
época de aplicação, dose, tipo de solo e intervalo de plantio soja.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes sejam implementados.

Quando herbicidas com o mesmo modo de ação são utilizados repetidamente por vários anos para controlar as mesmas espécies de plantas infestantes nas mesmas áreas, biótipos resistentes de plantas infestantes, de ocorrência natural, podem sobreviver ao tratamento herbicida adequado, propagar e passar a dominar a área. Esses biótipos resistentes de plantas infestantes podem não ser controlados adequadamente. Práticas culturais como cultivo, prevenção de escapes que cheguem a sementear, e uso de herbicidas com diferentes modos de ação na mesma safra ou entre safras, pode ajudar a retardar a proliferação e possível dominância de biótipos de plantas infestantes resistentes a herbicidas.