Amarantus (Amaranthus palmeri)

Amarantus

Caruru (Amaranthus palmeri)

Culturas Afetadas: Milho - Geneticamente Modificado, Soja - Geneticamente Modificada

Descrição:

Possui haste central de cor verde-avermelhada, de aproximadamente 1,5 m, com vários ramos laterais, com folhas alternadas e lisas. Os pecíolos são longos e frequentemente excedem o comprimento da lâmina das folhas em tamanho. As flores masculinas e femininas ocorrem em plantas distintas e medem de 2 a 3 mm de comprimento cada uma.

A inflorescência tem formado cilíndrico ou de picos, que tem até 60 cm de comprimento sobre a haste central; As sementes são arredondadas, de tom roxo escuro, medindo de 1 a 2 mm de comprimento.

Cada planta produz de 200 a 600 mil sementes que podem ficar viáveis no solo por longos períodos, ultrapassando uma década, mas a maioria das sementes morrem após 18 meses de soterramento. Pode ser encontrada em meio a diversos tipos de culturas, como algodão, soja, milho e amendoim. Também pode se estabelecer ao redor das plantações, à beira de estradas, ferrovias e terrenos baldios.

Danos:

Afeta o desenvolvimento e o rendimento das culturas em áreas onde está disseminada, podendo afetar o desenvolvimento desta em função da ação alelopática. Dependendo da intensidade e da cultura afetada, as perdas de produtividade podem chegar perto dos 80%. Prejudica a colheita tornando-a mais demorada e onerosa. Pode também danificar equipamentos.

Controle:
Efetuar o controle do banco de sementes, realizar rotação de culturas, controle mecânico através de capina manual e respeitar as datas apropriadas de plantio.

Recomenda-se o controle químico com uso de produtos defensivos registrados para as culturas.

Fotos

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente