Leve alta da soja é vista em Chicago
CI
MERCADO

Leve alta da soja é vista em Chicago

“O USDA reduziu o estoque de soja da safra antiga em 25 mbu (680,37 mil tons)"
Por: -Leonardo Gottems

A soja fechou o dia em leve alta na Bolsa de Chicago, com divulgação de estoques maiores pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de soja para maio22, mês de referência para a comercialização da soja brasileira, em grão fechou em alta de 0,55% ou 8,50 cents/bushel a $ 1660,25”, comenta.

“A cotação de maio23, que já está sendo negociada no Brasil, fechou em alta de 0,46%, ou $ 8,75 cents/bushel a $ 1465,0. O contrato de farelo de soja para julho fechou em alta de 0,45%, ou $1,8/ton curta a $ 399,4 e o contrato de óleo de soja fechou em nova forte alta de 6,05% ou $ 5,05/libra-peso a $ 88,52”, completa.

Embora o USDA tenha proposto um cenário otimista de produção nos EUA (126 milhões de toneladas), os estoques finais para a nova safra permaneceriam ajustados em relação ao consumo/demanda. “O USDA reduziu o estoque de soja da safra antiga em 25 mbu (680,37 mil tons) com o aumento das exportações, para 235 mbu (6,39 MT) e 2,14 bbu (5,82 MT), respectivamente.  Para a nova safra, o rendimento médio correspondeu ao palpite médio comercial com 51,5 bpa. A produção deverá aumentar em 205 mbu (5,58 MT) ano/ano, mas mesmo com a expectativa de mercado em 4.640 bbu (126,28 MT). As exportações preliminares de novas safras estão estimadas em 2,2 bbu(59,87 MT) com esmagamento de 2,255 bbu (61,36 MT)", indica.

“O WASDE do USDA reduziu a produção da Argentina em 1,5 MT para 42 MT, mas deixou o Brasil inalterado em 125 MT. A CONAB elevou sua previsão para a produção de soja em 21/22 em 1,4 MT para 123,83 MT nesta manhã. O RS diminuiu 500k T, enquanto o Mato Grosso e o MS foram aumentados em 888k e 775k T. Os rendimentos de soja foram aumentados no equivalente de 0,4 bpa para 45 bpa. Apesar disso, ainda foi a safra de menor rendimento desde 15/16”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.