CI

Milho avança na Argentina

A Bolsa de Cereales da Argentina divulgou em 23/11 o acompanhamento da semeadura de milho


A Bolsa de Cereais da Argentina divulgou, em 23 de novembro, o acompanhamento da semeadura de milho para a safra 2023/24 no país. Conforme o relatório, já foram semeados 1,86 milhão de hectares, representando 26,20% da área total estimada. Esses números revelam um avanço semanal de 1,10 ponto percentual (pp) em comparação com a semana anterior e um aumento de 2,40 pp em relação ao mesmo período da safra 2022/23, de acordo com dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

Quanto às condições das atividades, o relatório indica que 67,00% estão em condições normais, enquanto 29,00% foram consideradas excelentes/boas. Esses números representam uma melhoria de 4,00 pp e 17,00 pp, respectivamente, em comparação com o mesmo período da safra 2022/23. Em contrapartida, apenas 4,00% dos trabalhadores apresentam condições ruins, uma queda significativa em relação aos 25,00% registrados na safra passada no mesmo período.

É importante destacar que na safra 2022/23, o país apresentou condições climáticas adversárias devido às características La Niña, o que teve impacto negativo na produção final da temporada. Contudo, para o ciclo atual, as perspectivas são mais promissoras. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) já estima um aumento de 61,76% na produção em comparação com a safra anterior, apesar de estarmos no início do ciclo 2023/24. Estes indicativos sugerem um panorama mais favorável para a produção de milho na Argentina nesta temporada.

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.