RS e SC negociam soja enquanto PR está parado
CI
MERCADO

RS e SC negociam soja enquanto PR está parado

O mercado de Santa Catarina não tem tido muito movimento no geral
Por: -Leonardo Gottems

No mercado brasileiro da soja, o Rio Grande do Sul negociou cerca de 35.000 toneladas no dia de ontem, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “No entanto os volumes vão bem, estão saindo todos os dias  mesmo  com  as  variações  nos  preços  ocasionadas pelo câmbio e pela Bolsa de Chicago (CBOT)”, comenta. 

“Hoje os preços da soja foram avaliados  em  alguns  locais  consideravelmente  abaixo dos de ontem, com Ijuí chegando a cair mais de 1%. Quanto  aos  negócios  que  rodaram,  os  preços  ficaram em R$172,00 e R$173,00 para pagamento entre os dias 5 e 15 de maio e Canoas também vendeu um pouco, cerca de 2.000 toneladas para pagamento também em 15 de maio”, completa. 

Em Santa Catarina, 600 toneladas vendidas em SFS. “O  mercado  de  Santa  Catarina  não  tem  tido  muito  movimento  no  geral,  mas  pequenos  volumes  estão  sendo negociados a  valores  entre  R$172,00  e  R$173,00, o motivo é  bastante  óbvio:  o  foco  continua  na  colheita  que  está bastante atrasada e atingiu os 75% somente agora”, indica a consultoria. 

Já no Paraná, o mercado se encontra totalmente parado. “No  Paraná  o  mercado  permaneceu  congelado,  sem variações de vendas e sem variações de preços, o foco pode ser uma mistura de espera pela queda dos fretes que já começaram a cair com o fim do pico da colheita de  soja  e  milho  e  de  atenção  nas  lavouras  que  já passam dos 95% colhidos e só precisa ser terminada, é esperado que as movimentações sejam aceleradas em breve”, conclui a TF Consultoria Agroeconômica, nesta manhã de quinta-feira. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink