“Há exageros”, diz ministra sobre Covid em frigoríficos
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,704 (-2,06%)
| Dólar (compra) R$ 5,40 (0,48%)

Imagem: Divulgação

PANDEMIA

“Há exageros”, diz ministra sobre Covid em frigoríficos

Tereza Cristina se mostrou incomodada com o volume de notícias a respeito
Por: -Eliza Maliszewski
483 acessos

Os frigoríficos brasileiros estão no alvo dos debates sobre as contaminações por coronavírus. No Mato Grosso, por exemplo, o Ministério Público do Trabalho (MPT) aponta 14 frigoríficos infectados. No Rio Grande do Sul unidades chegaram a ser interditadas temporariamente e são mais de seis mil casos, cerca de 17% do volume total de trabalhadores. Recentemente a China desabilitou seis unidades para exportação.

A ministra da Agricultura Tereza Cristina se posicionou sobre o assunto durante uma live que discutia a força do agronegócio na retomada da economia, promovida pelo site Jota, nesta quarta-feira (22). Ela destacou que a Covid-19 avança pelo interior do país, onde há muitas plantas frigoríficas e que o maior problema está na importância que se dá a situação.

“A reverberação é maior do que o fato. Essa é uma grande preocupação porque quando você distorce a informação isso chega lá fora e traz problemas”, disse. Tereza Cristina garantiu que os órgãos trabalham para garantir, ao mesmo tempo, a sanidade dos estabelecimentos e a saúde dos funcionários. “Temos poucos casos em relação ao número total de trabalhadores de frigoríficos mas a mídia dá muita importância. Claro que temos casos. A pandemia se espalhou mas isso está controlado”. 

Em junho os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Economia (ME) e da Saúde (MS) publicaram uma portaria conjunta que define medidas a serem seguidas por laticínios e indústrias de abate e processamento de carne.

Confira quais são essas orientações.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink