“Novo normal” foi o tema da SIPAT da Embrapa no MS
CI
Imagem: Pixabay
EVENTO

“Novo normal” foi o tema da SIPAT da Embrapa no MS

“Novo normal” esse foi o tema escolhido para a SIPAT da Embrapa no Mato Grosso do Sul
Por:

“Novo normal” esse foi o tema escolhido para a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) da Embrapa no Mato Grosso do Sul. Esse ano, devido a Pandemia, o evento foi realizado em parceira com as três Unidades da Embrapa do Estado: Agropecuária Oeste (Dourados), Gado de Corte (Campo Grande) e Pantanal (Corumbá). Outra novidade foi a realização on-line de todas as atividades. 

O ‘novo normal’ pode ser entendido como a nova forma de viver, que irá garantir a segurança e a sobrevivência da população. Portanto, o termo refere-se, principalmente, às ações cotidianas e à nova maneira de se relacionar, considerando as mudanças enfrentadas durante a pandemia.

E, o ‘novo normal’ foi o tema da palestra de abertura da SIPAT, que foi proferida pela psicóloga e especialista em gestão estratégica de recursos humanos Lisandra Ferachin. Ela explicou que a atual situação permite enxergar o mundo realmente globalizado e conectado, com quebra de paradigmas, caracterizando o novo cenário denominado mundo VICA, ou seja, um mundo “volátil, incerto, complexo e ambíguo” e acrescentou “são vivências que passamos a experimentar com rapidez, sem muito tempo para refletir, mas era urgente naquele determinado momento”. 

Por outro lado, Lisandra frisa que a essa nova situação “trouxe ganhos, trouxe o valor do olho no olho e trouxe o valor do contato próximo, seja no ambiente familiar ou empresarial”. Nesse link você confere a palestra na integra. Clique aqui.

A coordenadora do evento e ex-presidente da CIPA da Embrapa Agropecuária Oeste, Eny Duboc, explica que os temas abordados na SIPAT-SQV MS 2020, foram priorizados por meio de questionário prévio enviado aos empregados das três Unidades, levando em consideração o ano de 2020, marcado pela pandemia da COVID-19, e as estratégias adotadas pela EMBRAPA de teletrabalho e escalas de revezamento para priorizar a saúde e o bem estar dos seus empregados. 

Palestras - As palestras buscaram responder perguntas, tais como: “A alteração de rotina impactou a Segurança no Trabalho? Mudou algo em nossos relacionamentos no trabalho? E na família? Como isso impactou nossa produtividade? Como impactou nosso equilíbrio mental? Como ficam a saúde física e a ergonomia?”

Realizada em duas etapas, sendo a primeira de 6 a 9 de outubro e a segunda de 20 a 22 de outubro, durante a Sipat MS 2020 os participantes puderam se informar sobre diferentes assuntos que foram tratados ao longo do evento. Clique aqui e confira as palestras, bem como os comentários e as perguntas realizadas. 

Integração - Eny destaca que tarefa de viabilizar tanto a organização quanto a realização do evento, totalmente no formato remoto e on-line, foi algo inédito e desafiador, mas comemora “a tarefa foi concluída com sucesso, devido ao apoio fundamental das equipes dos Núcleos de Comunicação Organizacional (NCO) e Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da Embrapa Agropecuária Oeste e das demais Unidades".

O presidente da CIPA da Embrapa Gado de Corte, Gilson Picinin da Silva comenta que antes do início do evento já sabia que os desafios seriam grandes, pois as três Unidades têm características muito peculiares e pelo fato do evento seria realizado completamente on-line. “Apesar dessas duas características, que poderiam ter prejudicado a realização do evento, a experiência se mostrou muito gratificante, proporcionando mais união e grande aprendizado coletivo, o que aproximou muito as três Unidades”. 

Na avaliação do Gilson, o resultado do evento foi positivo “as pessoas que assistiram as palestras on-line, interagiram por meio do chat do Youtube e participaram de verdade. Todas as palestras foram muito boas e os profissionais demonstraram grande domínio dos temas”. Outro ponto positivo, destacado por ele, foi o fato de que as palestras permanecem a disposição no Youtube, o que possibilitará aos que não puderam assistir no dia, o acesso aos temas quando tiverem tempo disponível ou houver necessidade de rever algum assunto. 

Para o presidente da CIPA da Embrapa Pantanal, Hernandes de Campos Monteiro, o evento foi bem aceito pelos participantes e foi um sucesso. Ele acrescenta “superamos o desafio proposto e embora tenham ocorrido alguns problemas técnicos relacionados à conexão, o evento foi bem gratificante”. Um ponto alto, citado pelo Hernandes foi a escolha dos temas realizada de forma participativa. 

Apoio - O evento contou com o apoio da Federação das Associações de Empregados da Embrapa (FAEE), do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (SINPAF) – Seções Sindicais de Dourados e Pantanal e das Associações de Empregados da Embrapa (AEEs) das três Unidades. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink