5 fatos do agro para acompanhar em agosto

PALAVRA DO ESPECIALISTA

5 fatos do agro para acompanhar em agosto

Professor Marcos Fava Neves destaca pontos que terão influência sobre o mercado neste mês
Por: -Leonardo Gottems
4051 acessos

De acordo com o especialista Marcos Fava Neves, há cinco os fatos do agronegócio que merecem ser acompanhados diariamente neste mês de agosto. Professor das Faculdades de Administração da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto e da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em São Paulo, Fava Neves destaca como pontos de interesse:

1) O mais importante: o andamento do clima na safra dos EUA e as estimativas de produção;

2) As estimativas de importações de carnes vindas da China com os impactos da evolução da peste suína africana. Grande incerteza.

3) As questões comerciais de China e EUA e se haverá mesmo gesto de boa vontade para aumentar a importação de alimentos dos EUA pela China visando acelerar as negociações, sendo este um risco ao Brasil;

4) A retomada dos trabalhos no Congresso e Senado e o andamento das reformas da previdência e outras;

5) Evoluções do acordo comercial Mercosul e União Europeia (UE).

O professor chama a atenção para o fato de que o acordo com a UE vai garantir que 82% dos produtos agro do Brasil terão acesso livre ao mercado europeu. Outros 18% dos produtos passarão por cotas: “Desses, vale destacar a carne bovina (99 mil toneladas peso carcaça com tarifa de 7,5%), e a tarifa de 20% da cota Hilton (10 mil toneladas) cai a zero no início da vigência do acordo”. 

“Nas aves a cota estabelecida foi de 180 mil toneladas com tarifa zero. Na suína, perdurou uma tarifa de 83 euros por tonelada para 25 mil toneladas, e no ovo 3 mil toneladas sem tarifa. No açúcar são 180 mil toneladas sem tarifa, no arroz 60 mil toneladas e no milho, 1 milhão de toneladas. Estes volumes todos podem aumentar a partir do quinto ano de vigência”, conclui Fava Neves.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink