A sua revenda já tem uma “loja conceito”?
CI
Imagem: Marcel Oliveira
5 DICAS

A sua revenda já tem uma “loja conceito”?

5 dicas para investir e fortalecer sua marca, atraindo mais clientes
Por: -Leonardo Gottems

“Em um passado não tão distante assim, o Brasil contava com mais de 5000 pontos de vendas para a distribuição de insumos agrícolas, muitos desses estabelecimentos não contavam com um corpo técnico, eram locais inadequados e muitas vezes com produtos mal expostos e mal armazenados, e o que mais me intrigava além de tudo isso, era o fato de que essas lojas não ofereciam nada de diferente para o agricultor, nada que motivasse o agricultor a frequentar aquele lugar como forma de aprender, de relacionar se e de interagir com a empresa, com os fornecedores e com os outros clientes”. A afirmação é de Renato Seraphim, especialista em agronegócio.

Nos últimos anos, aponta ele, esse quadro mudou bastante, com grandes investimentos de multinacionais, de fundos de private equity e das cooperativas, esses espaços têm se transformado e estão sendo verdadeiros centros de convivência e de aprendizagem entre as empresas, a distribuição/cooperativa e os agricultores: “Os distribuidores de insumos estão cada vez mais se conscientizando que necessitam ser um centro de geração de valor aos agricultores oferecendo além de produtos e serviços, também a experiência”.

Mas afinal, o que é uma loja conceito? “Essas lojas funcionam muitas vezes, como uma experiência ou uma espécie de laboratório onde as marcas podem apresentar aos seus consumidores novas formas de atuar, desde o atendimento, a como são expostos seus produtos, ou até mesmo, uma total ruptura de linguagem e comunicação que está sendo utilizada”, define Seraphim. Confira as 5 dicas dele para você investir nesse conceito e fortalecer a sua marca e atrair mais clientes:

1- Invista em um ambiente aconchegante, convidativo e de interação com os clientes, o consumidor sempre tem que ser o elemento principal, pois não adianta uma nova loja com decorações extravagantes, instalações modernas e recursos tecnológicos se ela não oferecer uma experiência realmente diferente e próxima ao seu público.

2- Ofereça Novas experiências aos clientes: Uma loja deve ser mais do que apenas atrativa, hoje as pessoas querem sair das suas casas para viver uma experiência, caso contrário muitas coisas podem ser compradas no conforto do lar em apenas um clique. È imprescindível que o distribuidor busque isso para o agricultor, os produtos que vendemos são na maioria deles pos patentes e o clique é muito atrativo.

3- Faça Parcerias: O espaço da loja pode ser usado para oferecer oficinas, treinamentos de como ensinar alguma coisa nova, pode virar um espaço de receber grupos dispostos a discutir algo, ou a loja pode ceder um espaço para um prestador de serviços, todos são aliados para fidelizar o consumidor.

4- Tenha uma Excelente equipe: Seus vendedores precisam ser técnicos, apaixonados por vender soluções e comprometido com os clientes.

5- E Ultimo, mas não menos importante, Menos é Mais: Foco nos produtos e parceiros... Não tente agradar a todos, busque levar soluções para o seu cliente e foco nesse caso é essencial.

Saiba mais no artigo completo: A necessidade de termos mais lojas conceitos na Distribuição de Insumos Agrícolas no Brasil. (Fatos & Oportunidades)


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink