Agronegócio

Acompanhe o desempenho de ontem das commodities

Veja como fecharam as cotações do algodão, açúcar, cacau e café no mercado internacional
Por: -Redação
3 acessos
Algodão: USDA sustenta

Os preços futuros do algodão subiram nessa segunda-feira (11-12) na bolsa de Nova York, com compras de tradings, fundos e outros especuladores, a despeito das previsões baixistas feitas pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) em seu relatório mensal de oferta e demanda. O USDA baixou a previsão de embarque dos EUA em 1,2%, para 16 milhões de fardos, com a redução da demanda pela China. A produção americana ficou inalterada em 21,3 milhões de fardos. O contrato para maio subiu 135 pontos, para 55,50 centavos de dólar por libra-peso. Analistas ouvidos pela Dow Jones Newswires consideraram o relatório neutro e prevêem exportação entre 14 milhões e 15 milhões de fardos para os EUA, menos que a previsão do USDA. O indicador Cepea/Esalq subiu 0,03%, para R$ 1,3312 por libra-peso.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink