Açúcar: contratos futuros fecham em alta com fundos aumentando compras

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Açúcar: contratos futuros fecham em alta com fundos aumentando compras

Os contratos futuros do açúcar fecharam terça-feira (4) em alta nas bolsas internacionais
Por:

Os contratos futuros do açúcar fecharam ontem (4) em alta nas bolsas internacionais. Segundo a Agência Reuters, operadores notaram que os fundos estavam aumentando a posição comprada líquida diante do cenário de preocupações sobre as previsões de produção na região Centro-Sul do Brasil, após um clima mais seco que o normal nos últimos meses, que prejudicou o desenvolvimento da cana-de-açúcar.

Em Nova York, na ICE, o açúcar bruto foi comercializado, no vencimento julho/21, a 17,12 centavos de dólar por libra-peso, valorização de 39 pontos, ou 2%, no comparativo com os preços praticados na véspera. Já a tela outubro/21 subiu, também, 39 pontos, com negócios firmados em 17,07 cts/lb. Os demais contratos fecharam em alta de 1 a 36 pontos, com exceção do lote para maio/23 que caiu 9 pontos.

Ainda segundo a Reuters, baseada em consultorias do setor, as usinas brasileiras "vão se esforçar para manter a produção de açúcar perto dos níveis da última temporada, em detrimento do etanol".

Açúcar branco

Em Londres, o açúcar branco fechou em alta em todos os lotes. O vencimento agosto/21 foi comercializado em US$ 449,80 a tonelada, valorização de 1,40 dólar no comparativo com a véspera. Já o lote para outubro/21, subiu 3,60 dólares, negociado em US$ 453,70 a tonelada. As demais telas se valorizaram entre 3,70 e 4,40 dólares.

Açúcar Cristal

No mercado doméstico o açúcar cristal, medido pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP, fechou em baixa de 0,02% com a saca de 50 quilos negociada em R$ 113,48, dois centavos a menos que os preços praticados na segunda-feira.

Etanol hidratado

Já o etanol hidratado, medido pelo Indicador Diário Paulínia fechou com forte alta de 3,23% ontem, com o metro cúbico negociado pelas usinas em R$ 2.893,50, contra R$ 2.803,00 da véspera. Nos cinco primeiros dias de maio o indicador já valorizou 5,91%.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink