Açúcar inicia a semana em queda perto da mínima de 45 dias
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,50%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,74%)

Imagem: Eliza Maliszewski

MERCADO

Açúcar inicia a semana em queda perto da mínima de 45 dias

Os contratos futuros do açúcar iniciaram a semana em baixa na Ice, de Nova York
Por:
143 acessos

Os contratos futuros do açúcar iniciaram a semana em baixa na Ice, de Nova York. Segundo alguns analistas ouvidos pela Reuters, "especuladores reduziram em 19.196 contratos sua posição comprada líquida em açúcar bruto na semana até 8 de setembro, passando a manter 121.274 contratos".

Ainda de acordo com os analistas ouvidos pela Reuters, é improvável que os fundos liquidem mais posições compradas, enquanto a resistência se firma em torno de 12 centavos, deixando o mercado em um intervalo limitado.

Nem mesmo a notícia de uma queda na produção da commodity na União Europeia foi capaz de frear a desvalorização. Estimativas apontam que a produção na UE deva atingir 16,1 milhões de toneladas na atual temporada, contra 17 milhões da safra 2019. Dentre os principais fatores para a baixa estão a infestação de pragas e doenças e o clima seco que atinge os principais países produtores.

Na segunda-feira (14) na ICE, o contrato futuro do açúcar bruto no vencimento outubro/20 foi comercializado em 11.76 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 16 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela para março/20 foi firmada em 12.50 cts/lb, desvalorização de 10 pontos. Os demais contratos retraíram entre 7 e 11 pontos.

Em Londres o açúcar branco também fechou em baixa em todas as telas. O vencimento outubro/20 foi comercializado em US$ 349,80 a tonelada, queda de 7,40 dólares no comparativo com os preços de sexta-feira. Nos demais vencimentos a commodity se desvalorizou entre 10 cents e 3,70 dólares a tonelada.

Mercado doméstico

No mercado interno o açúcar iniciou a semana também em baixa, com a saca de 50 quilos do tipo cristal negociada, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP, em R$ 85,83, recuo de 0,20% no comparativo com os preços praticados na última sexta-feira.

Etanol diário

O etanol hidratado também começou a semana desvalorizado no indicador diário Esalq/BM&F Bovespa, Posto Paulínia. O metro cúbico do biocombustível foi vendido ontem em R$ 1.802,50, leve recuo de 0,11% no comparativo com os preços de sexta-feira, quando foi vendido em R$ 1.804,50 o m³.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink