Agricultores do CE vão receber novas permissões de uso do Sipaf
CI
Ceará

Agricultores do CE vão receber novas permissões de uso do Sipaf

Hortaliças e legumes estão entre os alimentos que vão ser identificados com o Sipaf na entrega de novas permissões que acontece nesta quarta-feira no Ceará
Por:

Na cidade de Altaneira, no Ceará (CE), que tem pouco mais de oito mil habitantes, 22 agricultores familiares irão receber nesta quarta-feira (27) permissões de uso do Selo da Identificação da Participação da Agricultura Familiar (Sipaf). Os produtos são hortaliças, frutas, legumes, mel de abelha, bolos e biscoitos e as produções estão divididas entre grupos formados por homens e mulheres.

A iniciativa partiu de uma demanda dos agricultores da região, que querem melhorar a comercialização da produção e a identificação de que os produtos são oriundos da agricultura familiar vai ao encontro desta busca. “O Selo dá mais garantia e pode melhorar o valor de venda. Esse foi um dos motivos de formar esse grupo para investir na aquisição do Sipaf”, afirma Antônio Ceza Cristóvão, de 40 anos, secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município de Altaneira.

O uso do Selo despertou interesse de empresas do ramo alimentício que já entraram em contato com os futuros permissionários para firmar parcerias. Os agricultores acreditam que o fruto desse reconhecimento inclua a participação em programas de incentivos do Governo Federal e o plantio de alimentos orgânicos.  

Motivação

Os 22 permissionários que vão receber o Selo participam dos programas Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), importantes políticas públicas da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).

Ana Patrícia Albino, de 37 anos, agricultora familiar, é uma das futuras permissionárias do Sipaf. Ela participa dos programas Pnae e PAA desde 2012, nos quais repassa parte da produção de bolos, biscoitos, frutas e hortaliças, para as escolas da rede estadual e municipal de Altaneira. Ela e o esposo estão motivados com a aquisição do Sipaf e a expectativa é que eles passem a vender mais. “São produtos orgânicos, que tendem a ser mais valorizados e, assim, melhorar mais as vendas. Isso será mais segurança”, acredita.

O Sipaf é uma ferramenta de visibilidade e valorização dos agricultores familiares. Para quem adquire, o resultado é a garantia de saber a origem dos produtos consumidos, além de contribuir para a promoção da sustentabilidade, da responsabilidade social e ambiental e da valorização da produção regional e da cultura local. 

Saiba mais sobre o Sipaf aqui


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.