Agricultura argentina em crise: ENTENDA
CI
Imagem: Pixabay
PAÍS VIZINHO

Agricultura argentina em crise: ENTENDA

Para amenizar a situação, o BCBA tomou medidas que buscam dar mais agilidade às importações
Por: -Leonardo Gottems

O agronegócio argentino passa atualmente por uma crise bastante preocupante, segundo análise da Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA). Isso porque, além dos altos preços dos fertilizantes, medidas do Banco Central também são um entrave para o país.  

“No último ano, os preços dos fertilizantes apresentaram alta acentuada, inclusive em relação ao preço dos grãos. No caso do milho, em julho a Argentina precisou entre 30% e 39% a mais de grãos para comprar a mesma quantidade de fertilizantes do ano passado, o que impacta negativamente na decisão do produtor.

Dada a importância dos fertilizantes importados no consumo total da Argentina, as necessidades de importação cresceram significativamente. Nesse contexto, preocupam-se as medidas impostas pelo Banco Central para aquisição de moeda estrangeira para importação, estabelecendo limite equivalente ao menor valor das importações FOB em 2021 mais 5%, ou das importações em 2020 mais 70 %, estimado em US$ 1.889 milhões”, comenta.

Para amenizar a situação, o BCBA tomou medidas que buscam dar mais agilidade às importações de insumos, mas ainda há preocupação com o volume de negócios que poderão se beneficiar dessa exceção, por isso o mercado terá que ser acompanhado de perto nos próximos meses. “Embora as condições de produção na Argentina lhe dêem alguma margem de manobra em contextos de preços internacionais de insumos voláteis, não podem ser ignoradas as consequências que tal gestão pode ter no médio prazo sobre os efeitos sobre a sustentabilidade, tanto produtiva quanto ambiental. A Argentina tem um enorme potencial para crescer em produtividade por hectare de forma sustentável, fechando lacunas tecnológicas onde a fertilização é um componente essencial”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.