Agro terá mestrado em transformação digital
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA 4.0

Agro terá mestrado em transformação digital

Curso será oferecido pela Universidade de Córdoba e tem abordagem em diversos aspectos
Por: -Eliza Maliszewski

A Universidade de Córdoba (Espanha) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) lançaram para a América Latina e o Caribe (ALC) o Digital Agri, mestrado em transformação digital do setor agroalimentar e florestal, que tem o objetivo de formar e capacitar profissionais que apoiem e promovam a digitalização no setor agrícola e no meio rural.

O mestrado proporciona uma formação especializada e de qualidade, abordando tecnologias disruptivas por meio de um programa baseado em casos reais de inovação, digitalização e vigilância tecnológica, internet das coisas, análise de dados e imagens de satélite, sensores aplicados a alimentos, solo, água e planta, big data e blockchain, entre outras temas.

Com metodologia própria, o programa acadêmico pretende gerar pensamento crítico para promover o desenvolvimento de uma agricultura mais competitiva, sustentável e inclusiva na região. São dez módulos obrigatórios com os mais diversos conteúdos, quatro módulos de estágios externos com agtechs líderes no setor e um projeto final de mestrado.

“A transformação digital já não é mais uma opção ou estratégia de ganho de produtividade, mas uma questão de sobrevivência para a agricultura e o setor agroalimentar. É imprescindível dispor de novos profissionais que assumam a importância do processo de inovação, e a formação que apresentamos com o IICA pode ajudar a romper barreiras de adoção da tecnologia e avançar para a construção de um futuro melhor do nosso setor agrícola”, afirmou a Diretora da ETSIAM, Rosa Gallardo.

O curso já é oferecido desde o ano letivo 2019/20 e agora passará a se direcionar para as Américas. A decisão da Universidade de Córdoba de abrir o mestrado para a região resultou da crescente demanda da parte de profissionais latino-americanos. Em resposta a isso, a Universidade se aliou com o IICA que, por meio da sua rede de 34 escritórios nas Américas e da sua ampla margem de ação, contribuirá e promoverá a agenda digital, coordenando e envolvendo esforços de atores-chave, como governos, instituições e empresas privadas.

“No âmbito dessa parceria, queremos oferecer a nossa rede de 34 escritórios em cada um dos países que compõem o Sistema Interamericano. Na nossa América, é grande a carência de profissionais capacitados nessas novas disciplinas, algo que é uma necessidade inadiável”, destacou o Diretor Geral do IICA, Manuel Otero.

Os interessados em cursar o mestrado devem ir ao site.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.