Alface contaminada afeta 149 pessoas nos EUA
CI
DOENÇA

Alface contaminada afeta 149 pessoas nos EUA

Bactéria teria provocado diarreia, vômito, dor no estômago e febre fraca
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com dados do Center for Disease Control (CDC), alfaces contaminadas com a bactéria Escherichia coli deixou 149 pessoas doentes nos Estados Unidos, sendo que destas, 64 foram hospitalizadas e uma morreu. O problema está relacionado com a verdura do tipo romana, que é cultivada em Yuma, no Arizona, sendo distribuída por todo país, o que fez a doença se espalhar por 29 estados americanos.  

A bactéria provoca diarreia, vômito, dor no estômago e febre fraca, sintomas que aparecem em média quatro dias após a ingestão da alface contaminada. A entidade também alerta que a principal preocupação com as contaminações causadas pela Escherichia coli é que ela pode produzir uma toxina capaz de causar síndrome hemolítico-urêmica, que provoca insuficiência renal aguda e baixo número de plaquetas, levando à morte ou deixando sequelas permanentes. 

O CDC ainda não tem informações suficientes para determinar como a bactéria, que é transmitida através de fezes de animais, chegou às plantações, mas vale lembrar que em 2006 a Escherichia coli foi encontrada em lavouras de espinafre localizadas na Califórnia após estas serem invadidas por cabeças de gado. Os números também apontam que a maior parte das pessoas que tiveram casos mais graves e precisaram ser hospitalizadas tinham entre 1 e 88 anos, tendo idade média de 30 anos, sendo que 17 tiveram insuficiência renal e a maioria relatou ter consumido a alface uma semana antes. 

Até o momento o governo dos EUA ainda não determinou o recolhimento da alface romana que está à venda no país, mas orientou a população a procurar saber a origem das verduras que consomem a fim de evitar aquelas provenientes de Yuma. Mesmo com grande parte dos supermercados deixando de vender o produto, os casos continuaram a aumentar nas últimas semanas.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.