Algodão/CEPEA: Menor qualidade limita negócios
CI
Agronegócio

Algodão/CEPEA: Menor qualidade limita negócios

A principal dificuldade ainda está na obtenção de lotes com a qualidade requerida
Por:

Várias indústrias consultadas pelo Cepea estão no mercado com o objetivo de repor seus estoques, o que tem elevado a liquidez no mercado de algodão. Segundo pesquisadores do Cepea, os negócios, no entanto, não chegam a envolver quantidades expressivas. A principal dificuldade ainda está na obtenção de lotes com a qualidade requerida. Boa parte da pluma tem qualidade considerada abaixo da média e/ou com característica. Além disso, a disparidade entre os preços de compra e de venda é outro fator que dificulta o fechamento de negócios. Entre 17 e 24 de janeiro, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias subiu 0,22%, fechando a terça-feira a R$ 1,7399/lp. No mês, o Indicador acumula alta de 5,74%.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.