Alta em Chicago puxa trigo no mercado internacional

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Marcel Oliveira
COTAÇÕES

Alta em Chicago puxa trigo no mercado internacional

Na Argentina, as ofertas de maio-julho de 11,5% ficaram estáveis em US$ 262/t FOB Up River
Por: -Leonardo Gottems

Os preços do trigo estão subindo no mercado internacional puxados pela recente alta na Bolsa de Chicago, que vem subindo para as principais commodities agrícolas, de acordo com a TF Agroeconômica. “No mercado à vista, apenas um licitante foi ouvido na licitação da Etiópia para importar 400.000 toneladas de trigo para moagem, com a Promising International oferecendo o volume total a US$ 313/t CFR. As ofertas devem permanecer válidas por 30 dias sem decisão final sobre o negócio”, comenta. 

“Os preços do trigo australiano continuaram subindo à medida que os futuros se recuperaram e o mercado doméstico se firmou, com as ofertas de APW subindo para mais de US$ 280/t FOB W Austrália em um mercado com poucas ofertas. Na Rússia, as ofertas de 12,5% subiram novamente devido à recuperação no mercado futuro, com o maior aumento em junho, já que as ofertas subiram US$ 5/t para US$ 260/t FOB Novorossiysk. As ofertas de carregamento de agosto ficaram em US$ 257- $ 260/t FOB NTT”, completa. 

Na Argentina, as ofertas de maio-julho de 11,5% ficaram estáveis em US$ 262/t FOB Up River, com a nova safra para dezembro sendo carregada em US$ 243/t. “Na quarta-feira, a Arábia Saudita encerrou a privatização de seu setor de moagem quando a SAGO vendeu dois moinhos de farinha restantes. E na Argentina, as vendas dos produtores de trigo da nova safra aumentaram 33% na semana, para 112.000 toneladas”, completa. 

Em Chicago, as condições de seca na área das planícies mantêm os preços firmes, principalmente devido ao potencial de deterioração das condições americanas de trigo de inverno. As altas também da soja e milho deram suporte à alta. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink