Apesar de quebra, setor consegue manter produção de fécula em 2012
CI
Agronegócio

Apesar de quebra, setor consegue manter produção de fécula em 2012

Segundo Cepea, totalizou 519,67 mil toneladas
Por:
A produção brasileira de fécula em 2012 foi praticamente igual à do ano anterior, totalizando 519,67 mil toneladas, segundo informações apuradas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Associação Brasileira dos Produtores de Amido de Mandioca (Abam). Esse resultado, segundo pesquisadores do Cepea, surpreendeu agentes do setor, que estimavam produção bem inferior à registrada em 2011. Tal expectativa se baseava na redução de quase 8% da oferta de raiz de mandioca e no aumento da demanda por farinha no Centro-Sul, região que reponde pela quase totalidade da produção de fécula.  Para 2013, novamente, agentes estimam redução da oferta de fécula.
 
O preço médio da fécula de mandioca foi de R$ 1.344,98/t (a prazo) em 2012, 6% acima do verificado em de 2011, mas quando descontada a inflação, há também um empate em relação ao anterior. O Valor Bruto da Produção (VPB) da fécula de mandioca teve a mesma estabilidade, calculado pelo Cepea em R$ 698,94 milhões.
 
Esses dados fazem parte do censo das fecularias brasileiras, intitulado “Levantamento sobre o desempenho da indústria de fécula de mandioca no Brasil”, realizado pelo 9º ano consecutivo pelo Cepea com o apoio da Abam. Pesquisadores do Cepea enviaram questionários para as 73 fecularias em atividade no Brasil em 2012 (o que representa 100% do total), obtendo resposta de 83,5% das unidades até março/13. Para as empresas que não responderam, os dados sobre produção foram estimados pelo Cepea com base em informações sobre processamento de matéria-prima, dias de trabalho e rendimento médio de amido coletados semanalmente pelo Cepea junto a essas empresas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.