Aprosoja pede intervenção do MAPA em atraso na entrega de fertilizantes
CI
Agronegócio

Aprosoja pede intervenção do MAPA em atraso na entrega de fertilizantes

O pedido foi formalizado em audiência, na manhã desta terça-feira
Por:
O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), Glauber Silveira, cobrou a intervenção do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para solucionar o atraso na entrega de fertilizantes, ocasionada por problemas nos portos de Paranaguá e Antonina. O pedido foi formalizado em audiência, na manhã desta terça-feira (21.08), com o ministro Mendes Ribeiro Filho.
 
Atualmente, o Brasil importa mais de 70% do produto e a preocupação do presidente da Aprosoja Brasil é que os fertilizantes não sejam entregues em tempo do plantio da próxima safra – que tem início no mês de setembro. A maior parte dos adubos importados chega ao país por meio do porto de Paranaguá. A justificativa para o atraso, segundo informações da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), é a falta de trabalhadores para atuar nas operações.
 
Outro receio do presidente é que a demora em função da logística possa influenciar no aumento do preço dos produtos prejudicando os produtores que estão adquirindo os fertilizantes. “Os produtos já comprados não estão chegando e em 30 dias começa o plantio. Além disso, o produtor que não adquiriu pode ser prejudicado por aproveitadores que poderão usar esse atraso como justificativa para aumentar os preços dos fertilizantes”, afirmou Glauber Silveira.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink