Argentina apresenta rastreabilidade para trigo orgânico
CI
Imagem: Pixabay
NOVIDADE

Argentina apresenta rastreabilidade para trigo orgânico

Neste âmbito, foi realizada uma reunião para apresentação do sistema de rastreabilidade público-privado
Por: -Leonardo Gottems

Na Argentina estima-se que existam 55.000 hectares semeados com trigo  Bioceres HB4 em 350 lugares diferentes. Ou seja, a safra pode gerar cerca de 180 mil toneladas de um trigo transgênico que gera medo nos exportadores devido às rejeições dos países compradores, devido à preocupação com uma possível contaminação cruzada. 

Neste âmbito, foi realizada uma reunião para apresentação do sistema de rastreabilidade público-privado. “Esta reunião foi solicitada ao sector produtivo, onde também esteve presente a empresa Bioceres, e ao Ministério apresentámos o sistema de rastreabilidade que foi implementado e, além disso, todos os presentes tiveram a possibilidade de apresentar as suas posições e tirar as suas dúvidas ", comentou o secretário da Agricultura, Pecuária e Pesca, Jorge Solmi. 

Após a aprovação da farinha de trigo com tecnologia HB4 no Brasil , o encontro reuniu os diferentes atores da cadeia de valor agrícola para conhecer o sistema de rastreabilidade público-privado desta nova variedade da cultura e onde, além disso, uma mesa para registrar o trabalho. A apresentação foi conduzida por Jorge Solmi; o secretário de Alimentação, Bioeconomia e Desenvolvimento Regional, Marcelo Alós; o Subsecretário de Agricultura, Delfo Buchaillot; e o presidente do INASE, Joaquín Serrano. 

O subsecretário de Agricultura, Delfo Buchaillot , indicou que “foi uma reunião muito boa” e destacou que “as preocupações do setor foram respondidas”. “Foi montada uma mesa para formalizar o trabalho”, completou. “Houve alguns pontos para trabalhar na e através da página do INASE o andamento da situação e os relatórios serão publicados, chave para um controle transparente do trigo transgênico”, comentaram do setor agroindustrial após o encontro. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.