Argentina volta a registrar nuvens de gafanhotos
CI
Imagem: Divulgação
DE VOLTA

Argentina volta a registrar nuvens de gafanhotos

Focos da praga foram detectados em áreas da província de Chaco
Por: -Eliza Maliszewski

Eles estão de volta. O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) e o Ministério da Produção argentinos, voltaram a identificar nuvens de gafanhotos no país. Eles são da espécie Schistocerca cancellata, a mesma que ameaçou o Brasil no ano passado e que tem grande poder de formação de nuvens e estragos.

VEJA: Como se explica a nuvem de gafanhotos

VEJA: “Estamos preparados”, diz ministra 

Os insetos foram encontrados em estado juvenil e adulto em lavouras de soja e algodão e em menor escala no sorgo nos departamentos Comandante Fernández, General Güemes e Quitilipi, província de Chaco, norte da Argentina, próximo a divisa com Paraguai. O local fica a cerca de 400 Km da fronteira com São Borja (RS).

Em decorrência dessa situação, ambas as instituições solicitam aos produtores o monitoramento constante de suas lavouras e, em caso de verificação da presença da praga, devem realizar imediatamente as tarefas de controle de pragas a fim de reduzir as populações. Assim evita-se que cheguem a ser adultos e se agregem, formando nuvens que colocam em risco as diferentes culturas.

“Pudemos observar que a praga se encontrava em estágio avançado de ninfa e adulto, com tendência a rebanho, ou seja, a se agrupar. A evolução continua sendo acompanhada em toda a província, disse Julio González, técnico do Centro Regional Chaco-Formosa de Senasa.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.