Argentinos criam seu primeiro fungicida biológico para trigo

Agronegócio

Argentinos criam seu primeiro fungicida biológico para trigo

Controla aproximadamente 40% dos fitopatógenos do solo
Por: -Leonardo Gottems
3354 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Cientistas argentinos anunciaram o lançamento do primeiro “bioinsumo” para tratar doenças fúngicas desenvolvido na Argentina. O Rizoderma é un fungicida biológico que permite controlar aproximadamente 40% dos fitopatógenos do solo que afetam o trigo e outros cereais de inverno.


O produto é aplicado de forma direta sobre as sementes, e chegará ao mercado através da Rizobacter. A empresa foi a parceira no desenvolvimento em conjunto com o Instituto de Microbiología y Zoología Agrícola del Inta (Instituto Nacional de Tecnología Agropecuaria de Buenos Aires).


De acordo com ensaios realizados pela empresa em campos da região pampeana, foram registrados aumentos de rendimento de 190 quilos por hectare após a aplicação do biofungicida. Diferentemente de outros produtos de síntese química, este bioinsumo não elimina a flora benéfica do solo.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink