Armazéns de café do antigo IBC são transferidos para a Conab
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

Armazéns de café do antigo IBC são transferidos para a Conab

Unidades se destinam exclusivamente à guarda de café ensacado ou a granel
Por:
2592 acessos
A Conab ganha, nesta quinta-feira, mais oito armazéns para compor a sua rede de estocagem de grãos em todo o Brasil. A Secretaria do Patrimônio da União, do Ministério do Planejamento, fará a cessão definitiva dos imóveis que pertenceram ao antigo Instituto Brasileiro do Café (IBC), em Minas Gerais, e que vinham sendo utilizados pela Companhia.
Os imóveis a serem transferidos estão localizados nos municípios de Juiz de Fora, Perdões, Conceição do Rio Verde, São Sebastião do Paraíso, Manhumirim, Campos Altos, Varginha e Teófilo Otoni. O documento de transferência, que envolve a participação de órgãos do próprio governo federal, será assinado pelo presidente da Conab, Rubens Rodrigues dos Santos, e pela secretária do Patrimônio da União/Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paula Mota Lara, na sede da Superintendência da Companhia em Belo Horizonte.
 
A Superintendência Regional da Conab em Minas Gerais vem utilizando os imóveis desde 2003, para a estocagem do café produzido no estado. O uso estava sendo feito pelo processo de administração compartilhada com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
 
As unidades, segundo os técnicos de armazenagem, se destinam exclusivamente à guarda de café ensacado ou a granel. As capacidades variam de 10 mil toneladas, no caso das unidades de Perdões e São Sebastião do Paraíso, a 24.500 toneladas, como as de Varginha e de Juiz de Fora.
 
Com estas aquisições, a regional da Conab passa a dispor de 12 unidades de armazenagem em todo o estado. As quatro unidades próprias anteriores, com capacidades que variam de 2.300 a 239.800 toneladas, estão instaladas nos municípios de Uberaba (25.800 t), Uberlândia ( 239.800 t), Passa Quatro (Armazém Frigorificado – 2.300 t) e Montes Claros (9.900 t).

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink