Arraes deixa comando da Embrapa
CI
Agronegócio

Arraes deixa comando da Embrapa

Ministério da Agricultura aceitou pedido de demissão
Por:
Ministério da Agricultura aceitou pedido de demissão
 
O pesquisador Pedro Antonio Arraes Pereira deixou a presidência da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Ele atuava na função desde agosto de 2012, mas teve seu pedido de demissão aceito pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho. Em nota o Mapa informou que "o nome do substituto será comunicado dentro dos próximos dias". Enquanto isso, a diretora de Administração e Finanças, Vânia Beatriz Rodrigues Castiglioni.

Seu primeiro período de gestão à frente da Empresa foi assumido em 7 de julho de 2009.

Em nota, o Mapa não informa quais motivos levaram o engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) a deixar o cargo. No entanto, desgastes internos podem ter facilitado sua saída.

Ainda no primeiro semestre, servidores da Empresa deflagraram greve em todo país em cobrança por melhores condições de trabalho e salários.

Em Mato Grosso, no mês de julho e na condição de presidente, Arraes participou da inauguração do centro de pesquisas da Embrapa Agrossilvipastoril, localizada no município de Sinop, distante 503 quilômetros de Cuiabá e com foco na integração de culturas.

Segundo a Embrapa, Arraes iniciou sua carreira de pesquisador em 1977 como bolsista da Embrapa. Quando graduado, ingressou em janeiro de 1980.

Leia o artigo do colunista Rui Wolfart sobre a saída de Arraes em seu artigo publicado nesta segunda-feira (1º).

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink