Arroz subiu aproximadamente 6% e atingiu o maior valor do ano
CI
Agronegócio

Arroz subiu aproximadamente 6% e atingiu o maior valor do ano

A saca de 50 quilos está cotada a R$ 35,51, ultrapassando os R$ 35,49 registrados em maio, até então o recorde para 2008
Por:

Nas últimas semanas, segundo o Instituto Rio-grandense do Arroz (Irga), mesmo com a intervenção do governo federal, a cotação do cereal subiu aproximadamente 6% e atingiu o maior valor do ano. Segundo o indicador diário do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a saca de 50 quilos está cotada a R$ 35,51, ultrapassando os R$ 35,49 registrados em maio, até então o recorde para 2008.

Em um primeiro momento, a alta do produto poderia prejudicar as exportações e fomentar as importações do Mercosul. Mas a valorização cambial deve manter o cenário estável. A cotação do arroz em dólar, conforme o Cepea, caiu 10% em setembro. “Isso significa que está mais fácil exportar arroz e mais difícil para os outros países colocarem o seu produto em solo brasileiro”, afirma o analista de mercado do Irga, Camilo Oliveira.

Segundo o corretor da Corretora Mercado, Giuliano Ferronatto, o produtor não está ofertando o mercado na espera de uma valorização maior. Economistas apontam que para o consumidor a tendência é de que ocorram reajustes, mas ainda não há estimativas de percentuais. Os reflexos devem ser apresentados nas próximas pesquisas de cesta básica.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.