As oportunidades de 2011 vs. as perspectivas de 2012 do algodão
CI
Agronegócio

As oportunidades de 2011 vs. as perspectivas de 2012 do algodão

Safra 2011/12 começa com previsão de nova área recorde
Por:
A relação de troca para a safra 2011/12 teve seu melhor momento em março de 2011, quando com 16 @/ha o produtor pagava o pacote de insumos. No entanto, segundo o Boletim Semanal do Imea, o preço da fibra seguiu caindo, e o preço do pacote de insumos subindo, elevando esta relação a 46@/ha em novembro, a pior desde março de 2010. Um dos fatores determinantes para a piora desta relação foi a alta do dólar, pois os produtos que são cotados na moeda norte-americana não tiveram reajustes significativos em seus preços, desta forma ficando com valores mais elevados após a conversão em reais. Do outro lado, o preço da pluma também afetou esta relação. A fibra registrou uma redução em seu preço de 58% de março a novembro.


Já a safra 2011/12 começa com previsão de nova área recorde para o Estado de Mato Grosso. A última estimativa da Ampa é de 768.899 ha, acréscimo de 1,9% diante do levantamento anterior. Os produtores devem plantar 58,4% em dezembro, 31,3% em janeiro e 10,4% em fevereiro. Apesar de o momento atual ser diferente de 12 meses atrás, quando o contrato para vencimento em julho de 2011 estava cotado a US$ 123,47/lp, 30,5% mais alto do que os atuais US$ 85,60/lp, para julho de 2012, alguns cotonicultores tradicionais aumentarão a área nesta safra e produtores que só aproveitaram a alta dos preços no ano passado deixarão a atividade. No entanto, a produção mato-grossense da safra atual já está 45% comercializada, a uma média de US$ 1,01/lp, o que garante a cobertura dos custos com insumos mesmo com a instabilidade atual dos preços.


Com a desaceleração do consumo pelas indústrias têxteis e a superprodução de 2010/11, 2012 inicia com um estoque bem mais alto da pluma, 495,8 mil toneladas (Conab) em comparação com as 76 mil toneladas no início de 2011. O grande volume de algodão produzido nesta safra mais o estoque inicial pressionam os preços para queda e assim proporcionam grande volume de exportação. Já que o valor da pluma está em um patamar razoável, os principais importadores devem alimentar seus estoques. No primeiro trimestre de 2012, os fatores que podem afetar a cotação da pluma serão o alto estoque mundial, o consumo lento das indústrias, a turbulência da economia europeia e a cotação do dólar.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.