Atividade leiteira em Picada Café é discutida em encontro

Agronegócio

Atividade leiteira em Picada Café é discutida em encontro

O encontro aconteceu na propriedade de João Carlos Federhen
Por:
355 acessos

O encontro aconteceu na propriedade de João Carlos Federhen

Na tarde desta segunda-feira (24/10), a equipe da Emater/RS-Ascar de Picada Café esteve reunida com o grupo de agricultores familiares que desenvolvem a atividade leiteira no município, para tratar de diversos assuntos. O encontro aconteceu na propriedade de João Carlos Federhen, na localidade de Joaneta, e também contou com a presença do prefeito em exercício, Daniel Rückert. 

Inicialmente, o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Rafael Hoss, expôs o cenário da atividade leiteira e sua contextualização em nível de mundo, país, estado e, por fim, a caracterização da atividade no município de Picada Café, feita a partir do diagnóstico realizado nas propriedades, através do qual foi possível apontar algumas potencialidades e gargalos existentes na atividade leiteira.

Após, o assistente técnico do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul, João Carlos da Luz, tratou de uma das principais dificuldades da atividade leiteira levantadas no diagnóstico: a sanidade do rebanho, especificamente o problema frequente da mastite, que traz grandes prejuízos à produção leiteira. 

No encontro, também foi apresentado o Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, do governo do Estado: seus objetivos, abrangência em Picada Café e, principalmente, a necessidade dos agricultores realizarem a gestão de suas propriedades, identificando assim os custos de produção de cada atividade que desenvolvem.

Para a extensionista social da Emater/RS-Ascar de Picada Café, Elisete Benke, esses encontros permitem a troca de experiências entre as famílias e a possibilidade de, junto com a Extensão Rural e Social, buscar alternativas para superar as dificuldades enfrentadas. A proposta feita aos agricultores é de que ações que envolvem a agricultura familiar, especialmente os produtores de leite, tenham continuidade no próximo ano, com mais encontros periódicos como este.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink