Aurora Alimentos certifica técnicos em Gestão para Suinocultura

SUINOCULTURA

Aurora Alimentos certifica técnicos em Gestão para Suinocultura

O evento ocorreu no Hotel Lang Palace, em Chapecó, e reuniu aproximadamente 100 pessoas
Por:
136 acessos

A Cooperativa Central Aurora Alimentos promoveu, nesta semana, a formatura de 18 técnicos do Curso de Gestão para Suinocultura – Pensamento +1, ministrado pela Academia Agriness em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop). O evento ocorreu no Hotel Lang Palace, em Chapecó, e reuniu aproximadamente 100 pessoas. O objetivo da capacitação foi aumentar a produtividade das granjas das cooperativas filiadas.

O Pensamento +1 impulsiona o Programa Leitão Ideal, que foi fundamentado em três aspectos: planejamento da produção em lotes com vazio sanitário, procedimentos operacionais padrão e gestão produtiva. “A medida que os técnicos compreenderam que a dinâmica de gestão de pessoas faz diferença, obtivemos resultados positivos e potencializamos o relacionamento com os produtores, aplicando as metodologias de acordo com as necessidades de cada propriedade”, explicou o assessor de suinocultura da Aurora Alimentos Sandro Luiz Treméa.

A responsável pela academia Agriness, Mirian de Almeida Johann relatou que a parceria com a Aurora Alimentos teve início em 2015 para implementar um método diferenciado de gestão no campo. As aulas teóricas totalizaram 16 horas. Após, cada aluno escolheu uma granja para aplicar a metodologia Pensamento +1. As atividades práticas tiveram duração de seis meses. Nesse período, os técnicos foram avaliados e apresentaram a versão final do trabalho.

“A cooperativa se destaca por priorizar a assistência técnica e trabalhar estratégias de gerenciamento alinhadas. Para obter bons resultados na cadeia produtiva de suínos, foi importante considerar que a estrutura das granjas não é o único fator determinante para a produção. Também é fundamental estudar o comportamento das pessoas para que técnicos e produtores rurais tenham um bom relacionamento, tomem decisões corretas e busquem tecnologias para traçar e atingir as metas”, enfatizou Mirian.

A grade curricular foi estruturada com os seguintes temas: manual de conduta de um P1; como funciona o pensamento das pessoas; comunicação empática, informação e tomada de decisão; máximo potencial produtivo; benchmarking; homogeneidade; entrega ideal; passos para implantação e ferramentas do Pensamento +1; árvore de diagnóstico da produtividade e mapa de produção.

O técnico agrícola, Roberto Simon, citou um exemplo dessa metodologia na propriedade da produtora Marelise dos Santos, em Tapejara (RS).  “Para potencializar a produção das granjas, criamos um controle de produtividade. As ações corretivas foram aplicadas diariamente para obter resultados por ciclos, por isso foi importante registrar o número de partos e abortos para atingir a meta e não comprometer a entrega do produto”, explicou.

De acordo com o diretor agropecuário da Aurora Alimentos Marcos Zordan, a metodologia e a qualidade são indispensáveis para fomentar a suinocultura. “Para atingir os resultados, precisamos mostrar para o produtor a importância da gestão. O crescimento do setor é baseado, principalmente, na valorização do ser humano, tanto dos técnicos quanto dos associados. Precisamos sentir deles a importância dessa atividade e o interesse em aumentar a produtividade, esse foi o caso do trabalho realizado em 2019”, destacou

 PRÊMIO DESTAQUES

A Aurora Alimentos homenageou os produtores rurais, os técnicos e as cooperativas destaques no setor de suinocultura. Foram avaliados os seguintes critérios: conversão alimentar, mortalidade, check list, certificação dos estabelecimentos rurais e licença ambiental.

“O objetivo da Aurora Alimentos é promover o crescimento dos técnicos, dos produtores rurais e das cooperativas. Quando há o desenvolvimento coletivo, aumentamos a cadeia produtiva de suínos e geramos riqueza para a região. Parabenizo o trabalho desses profissionais que tornam o nosso Estado referência em metodologia e resultados”, concluiu o presidente da Aurora Alimentos Mário Lanznaster.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink