Bahia entra na reta final do plantio de algodão
CI
Imagem: Marcel Oliveira
SAFRA

Bahia entra na reta final do plantio de algodão

No Estado cerca de 90% das áreas já foram semeadas
Por: -Eliza Maliszewski

Os cotonicultores baianos estão na reta final de implantação das lavouras de algodão. De acordo com a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) cerca de 90% das áreas destinadas à cultura já foram semeadas.

O plantio da safra 20/21 está adiantado. O calendário segue até 10 de fevereiro mas os produtores aproveitam a regularidade das chuvas na região. Neste ciclo a área plantada deve cair cerca de 15%, com 266.015 mil hectares em todo o Estado. A pandemia fez com que muitos optassem por culturas mais rentáveis como a soja, diante da indefinição econômica. A Abapa é otimista e aposta numa retomada para as próximas safras, quando o consumo mundial da pluma aquecer novamente.

Também há otimismo em relação à produtividade e com os preços do mercado internacional. “Com quatro safras seguidas de retomada do crescimento, e com os investimentos de décadas em maquinário e mão de obra especializada já consolidados, os produtores baianos continuam confiando na tecnologia empregada e no manejo correto de doenças e pragas para garantir a qualidade da pluma como diferencial nos mercados interno e externo”, afirma o presidente da Abapa, Luiz Carlos Bergamaschi.

Na última safra de algodão, a Bahia fechou pelo segundo ano consecutivo, uma safra de 1,5 milhão de toneladas de algodão (fibra e caroço). Apesar da instabilidade das chuvas e das incertezas com a pandemia do coronavírus, o estado atingiu uma produtividade média acima das 300 arrobas de algodão em caroço/hectare em uma área total de 313.566,4 mil hectares. 

O estado vem consolidando a quarta safra seguida com um ciclo de crescimento e resultados satisfatórios em produtividade e qualidade, sendo atualmente o segundo maior produtor de algodão do Brasil, com participação de 25% da produção nacional, somente atrás do Mato Grosso.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink