Basf reforçou práticas de controle do arroz vermelho

Agronegócio

Basf reforçou práticas de controle do arroz vermelho

Durante o 24º Seminário Cooplantio a empresa ampliou a divulgação da Campanha “Todos Unidos Contra o Arroz Vermelho”
Por: -Renata
592 acessos
Durante o 24º Seminário Cooplantio a Basf ampliou a divulgação da Campanha “Todos Unidos Contra o Arroz Vermelho”, que orientou os produtores sobre a utilização do sistema de produção Clearfield® Arroz. Segundo informações do Gerente de marketing Trigo e Arroz, Andreas Schultz, “os produtores devem procurar mais informações com as assistências técnicas sobre o manejo da técnica Clearfield, o controle dos escapes e o manejo da água”.

Conforme informações do site da empresa, o arroz-vermelho é o invasor mais problemático na lavoura de arroz do RS. Por pertencer à mesma espécie do arroz cultivado, seu controle químico, até o momento, não era possível.
Estão entre as principais causas do aumento do arroz-vermelho:
• Uso de sementes de baixa qualidade (contaminadas com arroz-vermelho).
• Desobrigação do uso de sementes fiscalizadas na obtenção de crédito bancário.
• Diminuição do período de pousio.
• Colheita tardia devido ao uso de cultivares de ciclo médio
(quando o arroz-vermelho já caiu no solo)

Estimativas de áreas infestadas com o arroz-vermelho:

Arroz Vermelho
Perdas diretas por ano
1,3 milhão de toneladas deixa de ser colhido.
US$ 266 milhões a menos de faturamento.
US$ 32 milhões a menos de ICMS arrecadado.
Outras perdas
Redução do rendimento.
Manejo e controle difíceis.
Elevação do custo de produção.
Menor rendimento de engenho.
Menor qualidade do grão.
Depreciação do valor da terra.

A Basf apresentará aos produtores um fungicida específico para o cultivo do arroz e que em breve será lançado no mercado. “Os benefícios desse novo produto serão a eficiência no controle de importantes doenças foliares como a Mancha Parda e Escaldadura, bem como aumento da produtividade e melhor qualidade no arroz produzido”, explica Andreas Schultz.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink