BOVIGEN® Repro Total se é solução completa contra doenças reprodutivas

Agronegócio

BOVIGEN® Repro Total se é solução completa contra doenças reprodutivas

Para prevenir as principais doenças virais e bacterianas dos bovinos, o Bovigen® Repro Total SE é uma vacina completa e segura
Por:
3437 acessos

A lucratividade das fazendas está diretamente relacionada à eficiência reprodutiva do rebanho, que pode ser afetada por perdas embrionárias e fetais ocasionadas por doenças infecciosas. Segundo dados da Embrapa Gado de Leite, entre 40 a 50% das perdas de gestação têm causas relacionadas a essas doenças. Além de comprometer os índices reprodutivos das fazendas, também há redução na produção de leite, pois estima-se a perda de cerca de 300 litros de leite a cada cio que uma vaca passa sem emprenhar. 
 
A vacinação dos animais é a melhor forma de evitar prejuízo por doenças reprodutivas. Considerando esta premissa, a Virbac - multinacional francesa dedicada exclusivamente à saúde animal – desenvolveu o Bovigen® Repro Total SE, uma vacina polivalente para prevenção da IBR, BVD, leptospiroses e campilobacterioses. A vacina é indicada para melhorar os índices reprodutivos da fazenda em rebanhos que apresentam histórico de: altas taxas de perdas gestacionais, animais com CIOS irregulares, animais de diferentes origens, baixas taxas de prenhez, alto número de palhetas de sêmen por prenhez e compra de touros de diferentes origens sem análise. 
 
Além de ser uma vacina inativada, que pode ser utilizada em fêmeas gestantes sem risco de aborto, o Bovigen® Repro Total SE não causa reações pós vacinais e problemas de fertilidade. Sua fórmula inclui IBR tipo 1 e 5 inativados, BVD tipo I e II inativados, 8 sorotipos de leptospiras com L. hardjo bovis, 3 cepas contra campilobacteriose e adjuvante imunoestimulante com ALOH+SE. 
 
Por que usar o Bovigen® Repro Total SE:
 
• Os vírus de IBR e BVD inativados são incapazes de se replicar em animais vacinados com o medicamento. Portanto, eles atuam impedindo o desenvolvimento das doenças nas vacas e nos fetos.
 
• Quando utilizada na forma recomendada (no pré serviço), a vacina protege o feto contra infecções por BVD e não induz o nascimento de animais “PI”.
 
• Antígenos inativados não provocam imunossupressão nos animais.
 
• Os vírus de IBR e BVD possuem alto risco de transmissão entre os animais. As Leptospiras são endêmicas, sendo transmitidas pelos próprios bovinos ou roedores e animais silvestres.
 
• Em fazendas com prática de monta natural ou touros de repasse, não há rotina de exames laboratoriais em animais, o que poderiam apontar aqueles que possuem Campilobacteriose. Desta forma, o ideal é vacinar todo o rebanho com Bovigen® Repro Total SE.
 
• Nenhuma vacina é considerada curativa contra leptospiroses em animais portadores renais, que foram previamente infectados com a bactéria. Os animais, quando positivos, devem ser tratados com antibioticoterapia e todo rebanho vacinado para evitar a manifestação dos abortos ocasionados por surtos da doença.
 
• Bovigen® Repro Total SE contém em sua formulação vírus inativados em sua composição, sendo que não causam febres, risco de abordo ou queda na produção de leite se aplicadas de forma correta, seguindo as boas práticas de vacinação. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink