Cade dá sinal verde para fusão da Sadia com Perdigão

Agronegócio

Cade dá sinal verde para fusão da Sadia com Perdigão

Por:
182 acessos

Brasília - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizou ontem a Perdigão a tomar as medidas que forem necessárias para realizar uma “reestruturação financeira” da Sadia. Mesmo antes de decidir se autoriza ou não a fusão, o órgão considerou que impedir a reestruturação traria “ônus desnecessários aos negócios das empresas envolvidas”.

O Cade foi informado sobre a união entre Sadia e Perdigão há um mês. Inicialmente, a ideia do conselho era determinar que as duas continuassem com suas operações separadas até que a fusão fosse definitivamente julgada. Esse tipo de restrição é feita para garantir que, caso a fusão não seja aprovada pelo Cade, ainda seja possível separar as duas empresas.

Em acordo firmado ontem entre o Cade e as empresas, porém, foi aberta uma exceção para que a Sadia pudesse contar com ajuda financeira da Perdigão. Em 2008, a Sadia teve prejuízo recorde de R$ 2,5 bilhões.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink