Capacidade “herbicida” do sorgo transferida para o arroz

ESTUDO

Capacidade “herbicida” do sorgo transferida para o arroz

A pesquisa foi pensada para esclarecer o porquê algumas culturas lutam para sobreviver em áreas onde o sorgo cresce
Por: -Leonardo Gottems
1891 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Cientistas do Serviço de Pesquisa Agrícola dos Estados Unidos (ARS) conseguiram transferir uma capacidade de controlar ervas daninhas presentes no sorgo para a cultura do arroz. De acordo com os pesquisadores, o composto sorgoleone, secretado pelo sorgo, consegue matar as plantas invasoras que sugam os seus nutrientes. 

A pesquisa foi pensada para esclarecer o porquê algumas culturas lutam para sobreviver em áreas onde o sorgo cresce e mantém uma produção considerável. Nesse cenário, cientistas da Unidade de Pesquisa de Utilização de Produtos Naturais da ARS (NPURU) em Oxford, Mississippi, começaram a estudar como as propriedades inibidoras de ervas daninhas do sorgo podem ser transferidas para outras culturas, como o arroz, e usadas como um bioherbicida. 

Segundo o biólogo molecular do NPURU, Scott Baerson e a bióloga molecular Zhiqiang Pan, o projeto marca uma mudança no modo de ver e produzir o arroz, impactando nas pesquisas e na produtividade a um menor custo. Para eles “as plantas de arroz que produzem sorgoleone devem exigir menos herbicidas para controlar as ervas daninhas”. 

“No mínimo, o composto natural poderia reduzir a quantidade de substâncias químicas sintéticas pulverizadas nas culturas alimentares. Em segundo lugar, os produtores gastariam menos na compra e na aplicação de produtos químicos, uma parte importante de seu custo indireto”, comentam. 

Eles também impediram que as plantas de sorgo produzissem sorgoleone, o que beneficiaria os agricultores que querem fazer a rotação de culturas diferentes com sorgo. O próximo passo é ver se as plantas de arroz cultivadas em laboratório produzirão sorgoleone à medida que crescem e têm a mesma capacidade de combate de ervas daninhas que o sorgo.  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink