Celebração da Colheita do Arroz Orgânico será dia 7 em Viamão

Arroz

Celebração da Colheita do Arroz Orgânico será dia 7 em Viamão

Na próxima quinta-feira (07/03) ocorre, a partir das 10h, a Celebração da Colheita de Arroz Orgânico, em Viamão
Por:
29 acessos

Na próxima quinta-feira (07/03) ocorre, a partir das 10h, a Celebração da Colheita de Arroz Orgânico, em Viamão. O evento será na Comunidade ?Reforma?, de propriedade de Joeci da Silva Nunes e Heisio Negreiros Mitida. O local, onde residem cinco famílias, tem área de 32 hectares e está em sua primeira safra de arroz orgânico. Além do ato simbólico de colheita, também está programada a visitação nas lavouras da propriedade. O evento encerra ao meio dia, com almoço no valor de R$ 10,00 por pessoa. 

Organizado pelo Grupo de Produtores de Arroz Orgânico de Itapuã, a iniciativa tem o objetivo de promover a identidade da população local, desenvolver a produção de alimentos em harmonia com o meio ambiente, estimular ações em redes de parceria, além de fortalecer ações convenientes à zona de amortecimento do entorno do Parque Estadual de Itapuã. 

Segundo Edivane Portela, técnico orizícola do 15° Núcleo de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nate) do Irga de Viamão, cerca de 100 famílias produzem arroz orgânico no município. No total, são 850 hectares plantados. A cidade é a maior produtora de arroz orgânico da América Latina, tendo colhido cerca de 75 sacos por hectare na safra de 2017/2018. 

A produção ainda é pequena se comparada com a do arroz tradicional, que só em Viamão conta com uma área de 19.750 hectares, que produziu, na última safra, mais de 2 milhões de sacas. Contudo, Portela conta que há cada vez mais produtores de arroz tradicional querendo conhecer os métodos de produção orgânica. 

O técnico conta ainda que o mercado do arroz orgânico está em franca expansão. ?Conforme o consumidor vai conhecendo e se conscientizando sobre esse tipo de produto, também cresce o interesse e a demanda por ele?, explica.

O evento tem a parceria da Emater/RS-Ascar, Irga, Parque Estadual do Itapuã, Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Núcleo de Estudos em Agricultura Familiar da UFSM, Cooperativa dos Trabalhadores Assentados da Região de Porto Alegre (Cootap) e Arroz Terra Livre.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink