Centro-Oeste deve ter uma safra melhor que ano passado, diz especialista
CI
Agronegócio

Centro-Oeste deve ter uma safra melhor que ano passado, diz especialista

A projeção é de Fernando Muraro
Por:
A estiagem em algumas regiões do País reforçada pelo fenômeno La Niña já comprometeu o potencial produtivo de grãos de parte do Mato Grosso do Sul. O que colocará a produção goiana em maior destaque. A projeção é do especialista em mercado de commodities, Fernando Muraro. Ele liderou, na última terça-feira (31-01), mais uma edição do Seminário Regional de Comercialização e Mercado Agrícola 2012, dessa vez em Cristalina, Entorno do Distrito Federal. Cerca de 200 produtores rurais, empresários e dirigentes sindicais participaram da apresentação promovida pelo Sistema Faeg/Senar e o Sindicato Rural de Cristalina.

Ele afirma que os negócios visando a safra de soja do Brasil indicam que a nova temporada poderá apresentar um recorde de área plantada, com preços altos e produtores capitalizados pela colheita passada. O analista ponderou que a previsão de aumento do plantio está relacionada às condições de mercado. Segundo ele, os Estados Unidos estão com estoques apertados e não podem contar com um aumento na safra. Uma safra menor vai estimular o plantio de soja na América do Sul.

Com investimento elevado em tecnologia depois de um ano de boa renda é a chance para os produtores fugirem da tradicional pressão da colheita, entre março e abril. “Não é indicado comercializar nesses meses pois demonstram uma tendência de diminuição nessa época do ano”, destaca. Ainda de acordo com ele, a safra deste ano está bem antecipada quanto à tomada de decisão. “Em Goiás, cerca de 50% da safra de grãos já foi comercializada”, diz.

José Mário Schreiner, presidente do Sistema Faeg/Senar, também participou do evento. Ele falou das características da produção goiana de grãos neste ano e destacou também a importância de uma maior participação de produtores rurais na política regional. José Mário falou das demandas políticas para o setor agrícola em 2012.

Ele disse que o Código Florestal ainda não está aprovado definitivamente, mas que o Sistema tem acompanhado diariamente sua tramitação de volta à Câmara dos Deputados. Cobrou ainda uma política agrícola que garante renda média ao produtor rural e sua família, ao invés da atual forma que se baseia somente no crédito e garante a produção agropecuária do país.

Ele anunciou ainda a realização do seminário O que esperamos do próximo prefeito ainda no primeiro semestre deste ano. Oito seminários foram realizados em 2010 antes da eleição estadual com propostas e dificuldades reunidas em um documento entregue aos candidatos daquele ano. Isso reforçou o número de deputados federais e estaduais que hoje apoiam o setor rural.

O presidente do Sindicato Rural de Cristalina, Victor Alberto Simão e o prefeito do município Luiz Carlos Attié, também participaram do evento. Eles destacaram a importância econômica do setor rural para Cristalina que agora caminha para a industrialização de alimentos. Durante o encontro foi assinado também um contrato de prestação de serviços entre a Seagro e uma empresa privada para a elaboração de estudos de viabilidade técnica e econômica para a implantação de 80 barragens nos mananciais e ribeirões localizados em Cristalina e entorno.

Cristalina foi o quinto município a receber o Seminário Regional de Comercialização e Mercado Agrícola deste ano. Produtores e empresário rurais de Goiatuba, Mineiros, Jataí e Rio Verde já participaram das outras edições do evento. Na próxima quinta-feira (02) o município de Silvânia receberá o Seminário. O evento será na sede da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na sede do Sindicato Rural ou a partir das 18 horas, na secretaria do evento. Mais informações pelo site: www.sistemafaeg.com.br

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.