Chicago seguiu em baixa no feriado brasileiro

SOJA

Chicago seguiu em baixa no feriado brasileiro

“Os contratos futuros de soja-grão fecharam em queda média de 2,00 cents/bushel"
Por: -Leonardo Gottems
192 acessos

O especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, informou, em seu boletim informativo diário, que as cotações na Bolsa de Chicago seguiram em baixa durante o feriado brasileiro. Isso porque, além do Brasil, a China também não operou ontem. 

“Os contratos futuros de soja-grão fecharam em queda média de 2,00 cents/bushel; o contrato de maio fechou a $ 839,5 e julho a $ 851,75. Os contratos futuros de farelo de soja fecharam em ou equilibrados ou com pequenos ganhos: maio fechou estável e julho 0,2 acima a $ 300,3/ton curta. Os contratos futuros do óleo de soja também fecharam em queda ao redor de 20 pontos, com julho fechando a $ 27,38”, indicou. 

De acordo com Pacheco, a quantidade de esmagamento da oleaginosa também ficou um pouco abaixo do esperado. “O relatório divulgado nessa quarta-feira, USDA Fats & Oils, indicou que o esmagamento da soja em março foi de 179,4 mbu, um pouco abaixo das estimativas. Isso representa um aumento de 10,2% em relação a fevereiro, mas 1,5% abaixo do ano passado. Os estoques totais de óleo de soja foram de 2,232 bilhões de libras”, completa. 

“Espera-se que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) mostre 400.000-800.000 milhões de toneladas em vendas de safras antigas em seu relatório sobre as vendas de exportação na quinta-feira, e entre 0-100.000 milhões de toneladas para nova safra. As reservas de farelos são de 150.000-375.000 milhões de toneladas, com o óleo de soja entre 7.000-30.000 milhões de toneladas”, conclui o especialista. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink