China prefere soja brasileira na semana
CI
Imagem: Divulgação
VENDAS

China prefere soja brasileira na semana

“As ofertas para envio de março foram relatadas em 158 c/bu"
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, nove cargos foram negociados do Brasil com a China nesta quarta-feira e nada dos Estados Unidos. “A demanda chinesa por soja brasileira foi esporádica nesta quarta-feira, mas, apesar disso, os prêmios na base da CFR China caíram de 8 a 10 c/bu no dia devido a futuros mais altos”, comenta. 

“As ofertas para envio de março foram relatadas em 158 c/bu sobre os futuros de março contra ofertas em 165-169 c/bu. O embarque de agosto foi ofertado no nível negociado de terça-feira em 168 c/bu sobre os futuros de julho na quarta-feira, contra ofertas a 180 c/bu sobre os mesmos futuros. A demanda por soja dos EUA estava em grande parte ausente, pois os prêmios se mantiveram estáveis, apesar do rali nos futuros. O embarque de dezembro do Golfo foi oferecido a 250 c/bu em relação aos futuros de janeiro e o embarque de janeiro foi oferecido a 245 c/bu sobre os mesmos futuros – ambos quase inalterados, apesar do pico de 50 centavos de futuros da CBOT desde segunda-feira", completa. 

No Brasil, o mercado FOB viu pelo menos nove negociações, indicando que os prêmios foram 4-7 c/bu mais baixos ao longo da curva. “O embarque de fevereiro foi negociado a 107 c/bu sobre os futuros de março, enquanto março foi negociado quatro vezes – a 69 c/bu uma vez, 70 c/bu duas vezes e 71 c/bu uma vez. Abril foi negociado duas vezes a 61 c/bu sobre os futuros de maio com envio de maio negociado a 68 c/bu sobre o mesmo contrato e junho negociado a 70 c/bu sobre os futuros de julho”, informa. 

“Tudo apontava para um complexo mais firme, com as toneladas de fevereiro subindo marginalmente a US $ 459,75/mt e março em US $ 447,5/mt. Nos EUA, os prêmios de barcaça foram marginalmente menores e os prêmios de carga permaneceram inalterados, com o valor do primeiro para entrega em dezembro visto em 80 c/bu versus ofertas de carga de 150 c/bu”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink