Chuva forte deve atingir todo país
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Chuva forte deve atingir todo país

Próxima semana será de grandes volumes em todas regiões, inclusive no Sul
Por: -Eliza Maliszewski

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou a previsão do tempo para o país entre 19 de outubro e 4 de novembro. O que não deve faltar é chuva, um refresco para áreas que já estão bastante secas, como o Sul.

Até o dia 26 de outubro chove em todas regiões. Na Região Sul, a previsão é de maiores acumulados de chuva na região central do estado do Paraná, onde os acumulados poderão ficar em torno de 80 mm. Nas demais áreas, os acumulados de chuva deverão variar entre 5 e 40 mm.

Na Região Sudeste, os acumulados de chuva deverão variar entre 10 e 60 mm. Pontualmente não estão descartadas tempestades, com ocorrência de chuva forte, granizo e rajadas de vento. As chuvas serão mais escassas apenas no norte de Minas Gerais.

Na Região Centro-Oeste as chuvas deverão ser mais significativas no norte do Mato Grosso do Sul, sul de Goiás e leste do estado de Mato Grosso. Há possibilidade de ocorrência de chuva forte e rajadas de vento em algumas áreas da região.

Na região do Matopiba as chuvas deverão ser irregulares, com maior probabilidade de ocorrência em Tocantins, sul do Maranhão e no oeste da Bahia. Há previsão de chuva fraca no leste da Bahia e também no litoral dos estados de Sergipe e Alagoas.

Na Região Norte os acumulados de chuva deverão variar entre 10 e 90 mm no Amazonas, sul do Pará e em Rondônia.

Já entre os dias entre os dias 27 de outubro e 4 de novembro de 2020, as chuvas seguem em todo o Brasil, mas em menor volume, na Região Nordeste.

Na Região Sul a tendência é de chuvas volumosos especialmente no oeste dos estados da região e, os acumulados podem chegar aos100 mm.

A Região Central e também a Região Sudeste deverão ter chuvas intensas, principalmente nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, onde os acumulados poderão ultrapassar os 120 mm.

No Matopiba, as chuvas deverão variar entre 20 e 40 mm, com maior probabilidade de ocorrência em Tocantins e no oeste da Bahia. 

As temperaturas deverão sofrer pequenas variações. O destaque é para a massa de ar que atuará na Região Sul no dia 20 de outubro e deixará as mínimas na casa dos 10ºC.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink