Chuva forte e frio intenso em SC e RS, alerta Defesa Civil

Agronegócio

Chuva forte e frio intenso em SC e RS, alerta Defesa Civil

Entre terça e quarta-feira, a atuação de uma nova massa de ar de origem polar na região Sul provoca acentuado declínio de temperaturas no RS
Por:
419 acessos

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, enviou alerta de chuva forte e frio intenso às defesas civis dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

No decorrer desta segunda-feira (29), o deslocamento de uma frente fria pela região Sul organiza áreas de instabilidade que provocam pancadas de chuva do oeste ao sul de Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Alerta-se que, em alguns momentos, há risco de temporais isolados com chuva forte, descargas elétricas, rajadas de vento entre 50 e 60 km/h e queda de granizo. No litoral do Rio Grande do Sul e no litoral sul de Santa Catarina, as rajadas de vento podem ser mais intensas e atingir os 70 km/h. Amanhã (30/06), o alerta é válido para o centro-leste de Santa Catarina.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil recomenda orientar a população para o risco de alagamentos e enchentes nas áreas ribeirinhas, deslizamento de encostas, morros e barreiras. Além disso, evitar lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes.

Entre terça e quarta-feira (30/06 e 01/07), a atuação de uma nova massa de ar de origem polar na região Sul provoca acentuado declínio de temperaturas no Rio Grande do Sul. Alerta-se para a ocorrência de frio intenso, com as temperaturas mínimas variando entre um e quatro graus, nas áreas mais altas, e entre seis e 11 graus, nas demais regiões.

Na quarta-feira (01/07), as temperaturas entram em declínio em Santa Catarina. Alerta-se para a ocorrência de frio intenso, com as temperaturas mínimas oscilando entre um e quatro graus, nas áreas mais altas, e entre seis e 11 graus, nas demais regiões. Na madrugada e manhã da quarta-feira (01/07), o ar frio favorece a formação de geada no Rio Grande do Sul e no meio-oeste e Planalto Sul de Santa Catarina.

Secretaria Nacional de Defesa Civil recomenda orientar os agricultores para que tomem as medidas preventivas necessárias para minimizar os efeitos da geada e recomenda uma atenção especial aos moradores de rua, durante esse período. Ressalta-se que, a sensação térmica será de temperaturas mais baixas devidas os ventos do quadrante sul.

Com a divulgação de alertas, a Sedec pretende evitar a perda de vidas, danos ao patrimônio e ao meio ambiente e também incentivar a adoção de medidas preventivas pela população, governos estaduais e municipais. Os alertas preventivos emitidos para os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina são baseados em informações do Centro de Previsão e Estudos Climáticos (Cptec) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink