Chuva impacta trigo no Sul
CI
Imagem: Pixabay
NEGÓCIOS

Chuva impacta trigo no Sul

O Paraná também continua comprando no RS por ser mais competitivo
Por: -Leonardo Gottems

As chuvas chegaram no Rio Grande do Sul e impactaram na situação do trigo no estado, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Finalmente as chuvas chegaram no RS e vieram acima do que se previa. Mas, o mercado de trigo seguiu parado. Vendedor agora vai avaliar a reação das lavouras, para se posicionar. Já o comprador vislumbra um passo a mais, rumo a próxima safra. Ouvimos reportes de que alguns vendedores aceitariam vender a 1.520,00 FOB, mas nem isso ouviu-se como preços firmes pelo lado dos compradores”, comenta.  

O panorama de Santa Cataria é exatamente o mesmo dos outros dias, com os moinhos indo buscar trigo no RS. “Os  moinhos  do  Oeste  do  estado,  que  eventualmente precisam  completar  os  seus  estoques,  continuam comprando  no  Rio  Grande  do  Sul,  que  é  onde  há ofertas e a bom preço.   Já os moinhos do Leste estudam propostas do Paraná, mas,  como  os  preços  são  bem  mais  caros,  verificam também outras origens”, completa. 

O Paraná também continua comprando no RS por ser mais competitivo. “Trigo  disponível  no  estado,  compradores  a  R$  1.700,00 para entrega agosto posto Ponta Grossa. Vendedores com poucas ofertas de R$ 1.750,00 FOB pra agosto/setembro. Trigo  gaúcho  com  pedidas  entre  R$  1550  a  1600/t  no FOB.  Safra  nova  para  outubro  comprador  no  R$  1.450,00 posto ponta grossa e vendedor sem opção de venda”, indica. 

“O  arrefecimento  das  preocupações  com  as  contas  públicas,  após  dados  fortes  da  arrecadação  em  julho,  e  a perspectiva de alta mais intensa da taxa Selic, na esteira da divulgação do IPCA-15 de agosto acima das expectativas, abriram espaço para queda firme do dólar no pregão desta quarta-feira (24). Em terreno negativo já pela manhã, a moeda americana acentuou as perdas e tocou no patamar de R$ 5,20 ao longo da tarde, em sintonia com a melhora da performance de outros ativos domésticos”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.