Clima ditará cotações do trigo
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Clima ditará cotações do trigo

No Rio Grande do Sul o mercado continua lento
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, os preços do trigo no Brasil poderão mudar conforme o clima. No Rio Grande do Sul o mercado continua lento. “No mercado disponível vendedores de lotes (a maioria sobra de semente) pedem R$ 1.350,00 FOB interior, para trigo eventualmente disponível um preço que não condiz com os preços atuais das farinhas e só pode ser admitido dentro de um preço médio bem menor”, comenta. 

“Para a exportação, mesmo com a oscilação do câmbio, o preço está inalterado a R$ 1.000,00/t no porto, para entrega e pagamento em dezembro. Com a previsão de geadas, não há vendedores, e compradores nominalmente a 1.000,00.  Não há pressão de ambos os lados. Teoricamente, os moinhos deveriam comprar diante  da possível quebra de  safra (no PR) e alta nos preços, mas, na  prática os moinhos não pensam assim: sabem que os preços se ajustam, tanto da matéria-prima, como das farinhas, então, podem aguardar”, completa. 

No Paraná, o trigo paraguaio atua muito caro, esta semana parece que será decisiva para o futuro do trigo no Brasil. “A recente onda de chuvas e frio intenso, iniciadas neste fim de semana e que deverão permanecer até o próximo, sobre o Paraná poderá causar sérios danos às lavouras, que se encontram, em cerca de 77%, nas fases de perfilhamento, justamente as mais sensíveis aos danos climáticos. Os técnicos estão atentos nos campos e nós iremos apresentar relatórios durante toda a semana”, indica. 

“Com relação aos preços o mercado continua o mesmo, tanto para safra velha quanto para safra nova, principalmente agora com as chuvas, que trazem preocupações quanto à qualidade. Sem notícias de negócios de trigo disponível local. Negociados apenas pequenos lotes de trigo paraguaio nacionalizado a R$ 1.370.00.Trigo Spot no RS rodando lotes pequenos a R$ 1250/1280/1300. Depende das condições da negociação. Branqueador nos níveis de R$1350,00/t”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink