Clima na região Oeste do PR exige atenção com doenças nas lavouras de trigo

Agronegócio

Clima na região Oeste do PR exige atenção com doenças nas lavouras de trigo

As condições previstas para os próximos dias com aumento de temperatura e umidade, não são ideais
Por:
1471 acessos

As chuvas dos últimos dois dias e a previsão de que a umidade irá se prolongar na região Oeste do Paraná exigem atenção do produtor de trigo para controlar a possível proliferação de doenças na lavoura. Em Jesuítas se o clima colaborar, são esperadas um produção superior a 100 sacas do cereal por alqueire. As informações são do engenheiro agrônomo da Copacol ,Everton Pontel de Césaro.

De acordo com Everto, em alguns locais existe a presença de ferrugem nas lavouras e as condições previstas para os próximos dias com aumento de temperatura e umidade, não são ideais.

Se concentradas em curto período, as chuvas tendem a ser menos prejudiciais do que quando são contínuas e duram mais tempo, observa Everton, ao lembrar que no ano passado as lavouras de trigo também enfrentaram momentos de umidade. Mas para o engenheiro as lavouras da área da Copacol de Jesuítas estão num bom estágio de alongação. “Outra reocupação nossa é com relação à infestação de oídio que surgiram em algumas lavouras, também devido às condições climáticas que nos últimos dias estão favoráveis a doença”, disse.

Com relação ao pulgão, Everton disse que ainda é baixo a incidência da praga nas lavouras, mas se os agricultores não tomarem os devidos cuidados pode aumentar nas lavouras.

Geadas

Segundo o engenheiro agrônomo as geadas do mês de junho não afetaram as lavouras de Jesuítas. Tudo porque a estiagem fez com que o trigo fosse plantado no final da época de plantio. Este ano a previsão é que a colheita de trigo inicie em jesuítas no início de setembro.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink