Trigo

Clima seco dificulta semeio e preocupa triticultores do PR; preço segue em alta

No Rio Grande do Sul, o semeio deve se iniciar em maio
Por:
150 acessos

Ainda que de forma tímida, o semeio de trigo já se iniciou em algumas regiões do Paraná acompanhadas pelo Cepea. No entanto, o clima seco no estado tem deixado produtores cautelosos quanto a um possível atraso no avanço das atividades. No Rio Grande do Sul, o semeio deve se iniciar em maio, mas agentes consultados pelo Cepea ainda estão indecisos quanto à área destinada ao cereal.

De um lado, produtores que conseguem remunerações mais atrativas podem elevar o cultivo, mas, de outro, a baixa liquidez deste mercado frente ao de outros grãos tende a reduzir o semeio. Quanto aos preços, seguem em alta no mercado brasileiro. Em algumas praças, como norte, oeste e sudoeste do Paraná e Ponta Grossa, os valores atingiram os maiores patamares do ano em termos nominais.

No estado sul-rio-grandense, os maiores preços do ano também foram verificados em Ijuí, Passo Fundo e Santa Rosa. Colaboradores do Cepea reportam que essas novas valorizações se devem ao incentivo de semeio do trigo das cooperativas, apesar das incertezas climáticas. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink