Com a volta da China, o mercado do boi gordo está em compasso de espera
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PECUÁRIA

Com a volta da China, o mercado do boi gordo está em compasso de espera

Boa parte dos frigoríficos ficou fora das compras para traçar estratégias para os próximos dias.
Por:

Na manhã de 15/12, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) anunciou o retorno da produção e certificação sanitária de carne bovina com destino para a China. A exportação estava suspensa pelo MAPA desde 4/9 após a confirmação de dois casos atípicos da doença da “vaca louca” que ocorreram em Minas Gerais e Mato Grosso. A medida faz parte de acordo entre os dois países.

Com a notícia, boa parte dos frigoríficos ficou fora das compras para traçar estratégias para os próximos dias.

Exportação

De janeiro a novembro de 2021, o Brasil faturou US$3,8 bilhões com a exportação de 716,2 mil toneladas de carne bovina in natura para a China.

Esse faturamento e volume representam, respectivamente, 52,5% e 50,0% na participação de toda a carne in natura exportada. A notícia da abertura dos portos está sendo comemorada pelos elos da cadeia pecuária.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.