Com baixa oferta de pluma de qualidade, liquidez do algodão se reduz

ALGODÃO

Com baixa oferta de pluma de qualidade, liquidez do algodão se reduz

Contexto tem resultado em baixa liquidez no mercado doméstico
Por:
172 acessos

Ainda que a produção nacional de algodão em pluma da safra 2018/19 tenha sido elevada e que a expectativa seja de excedente disponível internamente, a maior parte do beneficiamento tem sido destinada a cumprimento de contratos aos mercados interno e externo. Com isso, pesquisas do Cepea apontam que pouco volume de pluma de alta qualidade tem sido ofertado no spot brasileiro.

Nesse cenário, muitos compradores consultados pelo Cepea alegam dificuldades em adquirir lotes com a qualidade desejada. No caso da pluma de menor qualidade, demandantes pressionam os valores. Esse contexto tem resultado em baixa liquidez no mercado doméstico.

Entre 12 e 19 de novembro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, ficou estável (+0,07%), fechando em R$ 2,5594/lp nessa terça-feira, 19. Em novembro (até o dia 19), o Indicador ainda acumula alta de 1,89%. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink